História

De Frida Kahlo a Amelia Earhart: conheça essas heroínas da vida real

0

Para muitas pessoas, as heroínas estão presentes apenas em obras de ficção, mas ao longo da história da humanidade, diversas mulheres desempenharam papéis importantes para construir o nosso mundo, podendo ser consideradas verdadeiras heroínas da vida real.

Veja abaixo uma lista de mulheres que marcaram a história do mundo.

1. Evita Perón

Foto: Reprodução / Wikimédia Commons

Nascida em 1919, em Los Toldos (Argentina), quando criança, Evita Perón sonhava em ser uma atriz famosa e não passar mais por dificuldades financeiras. Com o passar dos anos, ela conquistou a tão desejada fama e começou a ajudar a população carente.

Evita se casou com Juan Perón, eleito presidente da Argentina, em 1946. Durante o mandato do marido, a atriz se empenhou na luta pelos direitos das mulheres, inclusive do voto. A argentina faleceu em 1952, aos 33 anos de idade, mas segue sendo adorada pela população do país.

2. Amelia Earhart

Foto: Reprodução / Wikimédia Commons

Amelia Earhart nasceu em 1897, na cidade de Atchison, em Kansas (Estados Unidos). Sua ilustre trajetória ficou marcada para sempre após, em 1932, ela se tornar a primeira mulher a pilotar um avião que sobrevoou o Oceano Atlântico.

Apelidada de rainha do ar, Amelia queria alçar vôos maiores e, em 1937, fez outra grande viagem pelo mundo. Passou pelas Américas Central e do Sul e pela África. Depois de 35 mil quilômetros percorridos, o objetivo da pilota era completar o trajeto cruzando o oceano pacifico.

No entanto, ao partir do continente africano rumo à Austrália, ela e o avião desapareceram e nunca mais foram encontrados. Depois de muitas transmissões de rádio, investigações e buscas sem sucesso, a morte da pilota foi declarada no dia 5 de janeiro de 1939.

3. Frida Kahlo

Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

Natural de Coyoacán, no México, Frida Kahlo (1907-1954) é uma das mulheres mais importantes e famosas da história da pintura mundial. A maior parte das pessoas conhecem ou já ouviram falar da artista latina.

Frida Kahlo teve diversos problemas de saúde desde a infância, e em vários momentos esteve perto da morte. No entanto, mesmo com as dificuldades, continuou fazendo o que mais amava: pintar. Atualmente, é uma das artistas mais respeitadas no mundo.

4. Elizabeth I

Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

Nascida em 1533, em Greenwich (Inglaterra), a rainha Elizabeth I possui uma história inspiradora. O pai da monarca, o rei Henrique VIII, acreditava que somente um homem poderia governar a Inglaterra. Por isso, quando ela nasceu, Henrique VII a baniu e se casou com outra mulher, com quem teve um filho e outra filha. 

O garoto assumiu o trono, com a morte do pai, mas morreu em 1553. Por causa disso, a irmã mais nova mandou prender Elizabeth em uma torre, com medo dela tramar algo para tomar o trono.

Anos depois, logo após a morte da irmã, Elizabeth foi solta e se tornou a rainha da Inglaterra. Adorada pelo povo, governou de 1558 a 1603, ano em que faleceu.

5. Cleópatra

Foto: Reprodução / Wikimedia Commons

A filha de Ptolomeu XIII, rei do Egito antigo, Cleópatra, nasceu em Alexandria, no Egito, e viveu entre 69 e 30 antes de Cristo.

Ela tinha apenas 18 anos quando o pai morreu. Naquela época, o irmão mais novo dela, de 10 anos, mandou expulsá-la do palácio, dando início a uma guerra civil. Para tentar acalmar a situação, Júlio Cesar, imperador de Roma, foi até o Egito.

Cleópatra desejava se encontrar com o imperador e, como havia sido banida do palácio, armou um plano para conquistar a atenção de Júlio Cesar. Encantado pela egípcia, ele devolveu o reino a Cleópatra em 51 antes de Cristo. Com isso, ela se tornou faraó. Logo depois da morte de Cleópatra, o Egito foi dominado pelo Império Romano.

Fonte: Recreio

Freud explica: por que algumas pessoas se atraem pelo mesmo gênero?

Previous article

Depois de transformação no salão, morador de rua decide mudar de vida

Next article

Comments

Comments are closed.