CuriosidadesMundo Afora

Depois de 10 dias em montanha, fotógrafo revela paraíso congelado da Eslovênia

0

O fotógrafo esloveno Marko Korosec sabia que o gelo e a neve podem formar estruturas impressionantes, mas o que ele viu depois de uma longa subida ao Monte Janornik, na Eslovênia, superou suas expectativas. Isso porque, depois de 10 dias de ventos fortes e outros sinais de mal humor do clima congelante da região, o profissional conseguiu chegar no topo da montanha e perceber tudo o que a neblina, a neve e o vento forte tem o poder de fazer.

Diante de seus olhos, Korosec viu ser revelado um mundo branco, inteiramente coberto por grossas camadas de neve e gelo, muito gelo, esculpido das formas mais magníficas possíveis pela brisa do lugar. Segundo ele, é possível que as camadas mais finas do revestimento branco do lugar, onde antes funcionava uma pista de esqui, atingia mais de um metro de espessura e formava figuras fantasmagóricas e afiadas por todos os lados.

“Eu amo condições meteorológicas extremas e já vi um monte de lugares nessas condições, mas dessa vez, a paisagem superou minha imaginação. Nada o que já vi ou vivi pode ser comparado com o cenário que presenciei essa semana”, comentou o fotógrafo, em entrevista.

Veja as imagens:

1 2 3 4 5 6 7 8 9

 

Sentiu o frio ai? Para preservar a temperatura abaixo de zero, sugerimos que você continue lendo essas outras matérias: Conheça Yakutsk, a cidade mais gelada do mundo e Obras de arte feitas com gelo pela Mãe Natureza.

5 curiosidades surpreendentes sobre o Natal

Matéria anterior

Suco de caixinha: saudável ou maléfico?

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos