Curiosidades

É perigoso nadar logo depois de comer?

0

Não tem jeito! Se você teve uma mãe ou avó presente, sem dúvida já escutou em algum momento da sua infância, aquela famosa frase: “Depois que comer, espera um pouco antes de entrar na piscina, senão você vai passar mal!”.

Bom, provavelmente você já se recordou dos exatos momentos em que foi refutado com essa ordem. Mas afinal, será que comer e entrar na água realmente é uma ação prejudicial? Até onde nossas mães e avós estavam corretas?

Pois bem, foi pensando exatamente nessa super dúvida de hoje, que nós aqui da Fatos, vamos explicar de uma vez por todas, o que é que realmente pode ou não acontecer, em uma situação como esta.

Bem, para chegarmos a grande resposta desse enigma, precisamos entender algumas informações e detalhes, como o fato de que nosso organismo logo após se saciar de uma grande refeição passa a concentrar uma grande quantidade de energia exatamente na função digestiva.

Isso implica dizer que o nosso fluxo sanguíneo basicamente fica concentrado nos músculos do sistema digestivo, com o objetivo de concentrar uma maior quantidade de oxigênio nessa região, para que a digestão ocorra o mais rápido possível.

A gora, vejamos bem. Qual é a relação entre essa atividade do nosso corpo e o mal-estar que supostamente pode ocorrer caso você entre na água?

Bem, acontece que se você praticar alguma atividade física logo após uma grande refeição, você estará exigindo que o seu organismo, dívida uma energia, que a princípio deveria estar sendo consumida apenas pela a sua pesada digestão.

Tal situação de fato pode prejudicar o seu organismo, resultando em desconfortos, náuseas, dores abdominais e uma série de outros sintomas.

Todas essas informações nos lavam a concluir, que o que realmente não é recomendado, é realizar uma refeição pesada, seguida de atividade física intensa, como hidroginástica ou até mesmo natação. Lembrando que atividades físicas realizadas fora da água também acarretarão nos mesmos efeitos colaterais.

Agora, se o objetivo é apenas relaxar na piscina ou dar um mergulho, dificilmente o mal-estar ocorrerá.

Além disso, é sempre bom usar o bom senso, e avaliar se aquilo que se comeu, é ou não um alimento pesado. Mas e então, caso eu tenha me deliciado com uma feijoada por exemplo, quanto tempo devo esperar até poder entrar na água para realizar atividade intensa?

Bom, segundo recomendações médicas, o ideal neste caso é esperar uma média de 3 a 4 horas.

E então querido leitor, você podia imaginar que essa era a verdade por trás desse velho conselho de mãe? Na sua opinião, valeu a pena esperar fora da piscina todas as vezes que a sua mãe mandou? Conta pra gente aqui em baixo pelos comentários!

9 sinais que mostram que você não é um bom amigo

Matéria anterior

7 situações que só quem tem menos de 3 amigos verdadeiros vai entender

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.