• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Elenco de A Maldição da Residência Hill relata estranhos problemas durante a gravação da série

POR Gabi Noronha    EM Séries e Sagas      23/10/18 às 18h46

A Maldição da Residência Hill foi a grande surpresa do mês de outubro na Netflix. A série foi disponibilizada há alguns dias e tem chamado atenção desde então. A história acompanha o casal Olivia e Hugh Crain. Eles se mudam para mansão Hill com seus cinco filhos com o objetivo de reformar o local e vendê-lo em seguida. Durante a estadia, porém, acontecem diversas situações estranhas na casa e, por fim, uma tragédia. O espectador testemunha como os eventos decorridos no lugar afetaram a vida de cada membro da família anos mais tarde.

A história apresenta duas linhas temporais em paralelo, uma no passado e outra no presente. As crianças crescem e vemos como elas lidaram, e ainda lidam, com os traumas adquiridos anos antes. O programa é livremente baseado no clássico literário A Assombração Casa da Colina, de Shirley Jackson. No boca a boca, a série tem se tornado cada vez mais popular e, de fato, a produção vale muito a pena conferir.

Como toda boa obra de terror que se preze, A Maldição da Residência Hill não ficou livre de algumas estranhas perturbações durante as gravações. Um dos últimos relatos no meio aconteceu com o elenco de A Freira. Na série, os atores Oliver Jackson-Cohen e Elizabeth Reaser, as versões adultas de Luke Crain e Shieley Crain, relataram em uma entrevista certos inconvenientes que passaram ao longo do trabalho.

Insônia durante as gravações

Durante uma entrevisto ao Metro, os atores disseram que tiveram dificuldades de dormir na época das filmagens. Em decorrência da falta de sono, Oliver Jackson-Cohen e Elizabeth Reaser vivenciaram momentos perturbadores. "Na preparação [para o personagem], comecei a pensar que alguém sentava na ponta da minha cama à noite e coisas estúpidas do tipo", contou Jackson-Cohen.

Reaser, por outro lado, não lidou com nada sobrenatural, mas também teve sua parcela de incômodo. "Eu não tive interações fantasmagóricas, mas sinto que alguma coisa acontece com seu subconsciente quando você fica no personagem assim por nove meses. Não consegue dormir, você se sente louco. É como se seu corpo não soubesse que você está atuando", explicou.

Próxima Matéria
Via   BI  
Imagens Youtube BI
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Mais aventuras em Instagram: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+