icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Entenda como a matéria escura pode ter causado o 'Big Bang'

POR Erik Ely EM Ciência e Tecnologia 15/03/20 às 22h14

capa do post Entenda como a matéria escura pode ter causado o

Até onde sabemos, a matéria escura permanece um grande mistério para nós. Mas as coisas podem ser um pouco diferentes, se olharmos para passado. Isso porque, é perfeitamente possível que a matéria escura tenha sido fundamental para nossa criação. Dessa forma, é levantada a possibilidade de que a matéria escura tenha causado o 'Big Bang'. Ou ainda, que surgido muio antes da grande explosão.

De acordo com novas pesquisas, as mudanças, causadas pela matéria escura podem ter inundado o universo com as partículas de nossas vidas. E a resposta para essa questão pode estar no fato de que a atração gravitacional de todas as coisas deveriam estar diminuindo a expansão do universo. Mas ao contrário acontece, ele continua a se expandir.

Mais antiga que o Big Bang?

Para nos situarmos, podemos dizer que estamos falando de uma matéria que supera, e muito, tudo o que compõe as galáxias e estrelas do Universo. Dessa forma, nós não podemos vê-la, porque ela não interage com a luz. Por isso, é chamada de "escura". Com isso, não podemos percebê-la diretamente porque ela não interage com outras matérias. Além disso, ela também não interage consigo mesma. Portanto, ela é indetectável, através de qualquer tipo de coisa, que possamos usar para encontrar objetos e partículas.

Contudo, os cientistas podem postular sua existência, porque ela interage gravitacionalmente com outros objetos. Assim, foi possível perceber que essa fonte de gravidade faz as estrelas das bordas das galáxias se moverem mais rápido do que deveriam. Com toda essa gravidade, ela é responsável por manter os grupos galácticos, podemos dizer que ela é bastante poderosa. Para termos uma ideia da dimensão da matéria escura, ela aparentemente forma 84,5% de toda matéria do Cosmos.

Com isso mesmo, Tommi Tenkanen sugere que o matéria escura já existiria antes do Big Bang, e logo, que estaria envolvida em sua criação. Mas isso não significa que seja mais antiga que o Universo. Isso acontece porque um grupo de cientistas considera que o Big Bang seja a forma do Universo, após um evento chamado inflação cósmica.

E então, a luz se fez

Dentro da cosmologia clássica, a inflação é o instante no qual o Universo se inflou incrivelmente rápido. Desse modo, isso foi feito com uma quantidade inimaginável de energia, e naquela fração de segundo, o Cosmos se expandiu e deu origem a tudo, inclusive à matéria escura. Só que essa nova teoria parte de outra vertente científica, que diz que o Big Bang é apenas o momento em que o Universo, como conhecemos, nascesse. Contudo, isso poderia estar contrariando a maior parte da comunidade científica.

Segundo Tenkanen, teórico que segue essa vertente, quando ocorreu a inflação cósmica, algumas partículas foram produzidas em abundância: as partículas escalares. Mas, até agora, só tem um exemplo identificado, que é o de Bóson de Higgs, agente criador do campo de Higgs. Dentro desse modelo, a matéria escura é uma espécie de "gêmea" do Bóson de Higgs. Dessa forma, ela teria surgido antes como matéria comum. Tudo porque, sem o campo de Higgs, não existe átomos, estrelas, e nem nada do que conhecemos como matéria.

Mas o mais importante que podemos citar, é o fato de que esse modelo pode ser testado. Por isso, não se depende apenas de ideias hipotéticas. De acordo Tenkanen, ele espera fornecer algumas pistas e talvez algumas respostas, quando o satélite Euclid, da ESA, for lançado em 2022.


Próxima Matéria
Via   Space     Canaltech  
Imagens Space Canaltech
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest