Curiosidades

Entenda essa imagem viral de meninos dentro de sacos no meio de um rio

0

Quem nunca inventou uma desculpa esfarrapada para a mãe, só para poder faltar a aula, que atire a primeira pedra. Às vezes, a gente só está com preguiça e prefere ficar em casa assistindo televisão. É só um dia de aula, não vai fazer muita diferença, a gente pensa. Enquanto isso, há pessoas que fazem de tudo, tudo mesmo para ir à escola. Até mesmo ser colocado em sacos plásticos para atravessar um rio. Ir para a escola, infelizmente, ainda é um privilégio para muitos. Afinal, nem todo mundo tem condições de ter acesso à educação.

Para começar, qual foi a maior dificuldade que você já teve para ir à escola? O seu pai não pôde te levar um dia e você teve que ir de ônibus? Você mora em zona rural e teve que viajar uma hora para chegar no local? Ou teve que ir para escola de bicicleta?  É, essas podem ser algumas complicações. Mas, tem gente que enfrenta desafios muito maiores e até perigosos para poder ter acesso à educação. Há uma grande possibilidade de você ter visto, nas últimas semanas, a imagem de crianças dentro de sacos em meio a um rio. Logo, a imagem peculiar viralizou na internet e chegou até milhares de pessoas. No fim das contas, isso acabou sendo bom.

Acontece que aquelas crianças estavam a caminho da escola. Devido à chuva naquela região, as pontes do pequeno vilarejo de Huoi Há, no Vietnã, estão submersas. Então, a comunidade teve que ser criativa para encontrar formas de levar os filhos até a escola. Então, todos os dias as crianças são colocadas em sacos plásticos e são carregadas em meio à forte correnteza até o outro lado do rio, para então seguirem o caminho para escola. E lá se vai outra caminhada. Tudo isso por saberem da importância da educação, e como ela é a única saída para um futuro melhor. Mesmo que,para isso, os garotos precisem ser transportados em sacos como se fossem uma mercadoria, correndo risco de vida.

O caminho para a escola

Huoi Ha é um vilarejo remoto que fica na província de Dien Bien, no Vietnã. Durante a maior parte do ano, as pontes, que são bastantes frágeis diga-se de passagem, assim como jangadas de bambu, são usadas para fazer a travessia do rio que divide o vilarejo. Mas, durante a estação chuvosa, as pontes ficam submersas e não é mais possível usá-las. É quando a população tem que se adaptar e encontrar formas de transportar os mais de 50 alunos que moram do outro lado do rio. Então, os “homens saudáveis e fortes, que sabem nadar” recebem a arriscada missão de atravessar as crianças dentro de sacos plásticos para o outro lado do rio.

Embora com medo, as crianças parecem determinadas, e aguardam ansiosamente a sua vez de atravessar. A travessia é muito perigosa. Além da forte correnteza do rio, qualquer erro pode levar o homem e as crianças no saco rio abaixo.

“Agora, esse fluxo é muito perigoso, meus parentes geralmente levam as crianças de jangada, mas agora não podem usá-lo. Espero que o estado invista em pontes suspensas em breve para que as pessoas viajem mais convenientemente”, disse o chefe do vilarejo, Vo Giong.

Nguyen Thi Thuy, a diretora do Na Sang, que é o colégio local, também concorda que o governo tem que tomar providências quanto a situação desses alunos. “As chuvas de inundação dividiram a aldeia Huoi Ha”, disse ela. “Da nossa escola, há mais de 50 alunos na aldeia de Huoi Ha e até agora os professores e pais mobilizaram as crianças para assistir às aulas da melhor maneira possível”.

E mais, para chegar até a escola, não basta atravessar o rio. Depois disso, as crianças ainda precisam caminhar cerca de 15 km em estradas florestais escorregadias.

Repercussão

https://www.youtube.com/watch?time_continue=23&v=tYKAiIJeKEE

Pelo visto, o compartilhamento dessas imagens na internet trouxe algo além de apenas mostrar ao resto do mundo a realidade dessas crianças. Depois da grande repercussão, parece haver uma esperança para a resolução desse problema. O governo vietnamita se manifestou após a divulgação das fotos e um artigo no jornal denunciando essa situação.

Em declaração oficial, o ministro dos Transportes do Vietnã, Nguyen Van disse o seguinte:

“Depois de receber o feedback das agências de notícias sobre a situação dos estudantes na aldeia Huoi Ha, de serem carregados em sacos de plástico para atravessar fluxo de inundação Nam Chim para a escola devido à falta de investimento em infraestrutura de transporte, o Ministério dos Transportes instruiu o Vietnam Road Administration para cooperar com as autoridades locais em todos os níveis para verificar e considerar esta questão”.

São coisas como essa, que nos fazem colocar o pé no chão e nos fazem refletir sobre a nossa vida e sobre tudo o que temos. E você, o que achou da situação dessas crianças? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Pokémon GO anuncia crossover com One Piece e outras novidades

Matéria anterior

Moradores australianos se surpreendem com ”chuva” de cacatuas

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar