A flatulência é definida na literatura médica, como "flatos que são expelidos através do ânus" ou a "qualidade ou estado de ser flatulento", que é definida, por sua vez, como "afetados por gases gerados no intestino ou estômago''. É o famoso e conhecido pum. O termo veio do latim "flatos", que significa "um vento de ruptura".

É normal para os seres humanos terem flatulências, mas o volume e a frequência variam muito entre as pessoas. Um dos muitos vídeos virais da internet, são aqueles onde as pessoas soltam puns e são filmadas por câmeras de imagem térmica. Um deles parece ser da China na busca pelo coronavírus. Mas cuidado, ele é falso.

O Global Times, que é um veículo de mídia estatal da China usou seu Twitter para tuitar um vídeo que mostrava pessoas em estações de trem e aeroportos da China, onde as autoridades chinesas de saúde estão monitorando as pessoas, na busca pelo coronavírus. Esse vírus já matou centenas de pessoas e tem mais de 20 mil doentes.

Mas a verdade é que o vídeo é de 2016, e os gases das pessoas foram adicionados digitalmente.

“Não consegue segurar os gases? Bem, é melhor se esforçar mais, porque os sensores infravermelhos de temperatura instalados recentemente em aeroportos e estações de trem para monitorar a temperatura dos passageiros em meio ao surto de #Coronavírus podem mostrar todos eles”, tuitou o Global Times.

Publicidade
continue a leitura

Vídeo

Originalmente, esse vídeo foi feito em 2016, por um grupo online chamado Banana Factory. E depois, foi compartilhado em outros sites como LadBible e Reddit. E o veículo midiático chinês pode ter pegado o vídeo de um upload da rede social TikTok.

Publicidade
continue a leitura

O usuário do TikTok pegou o vídeo, feito pelo Banana Factory, tirou a marca d'água que ele tinha e depois acrescentou o vídeo das câmeras de imagem térmica da China.

Até mesmo os criadores do vídeo admitiram, na época, que ele era falso. Isso depois de ele ter sido visto mais de novo milhões de vezes. “Este vídeo foi gravado na câmera térmica FLIR. Toda a filmagem térmica é autêntica, apenas os peidos foram editados digitalmente”, disse o Banana Factory.

Além dos próprios criadores do vídeo se pronunciarem, os apresentadores do programa "Mythbusters", que é um programa que tenta provar mitos de vários tipos, tentaram repetir o feito das câmeras infravermelhas. E eles viram que realmente isso não é possível.

Situação

Publicidade
continue a leitura

Em geral, a mídia chinesa não é muito confiável, mas com o surto do vírus, agências estatais como a CGTN parecem estar sendo mais sérias. E infelizmente, o vídeo compartilhado pela Global Times pode prejudicar a credibilidade e confiança na transmissão de informações verdadeiras.

A situação na China continua piorando com mais casos do coronavírus praticamente todos os dias. E por mais que a Comissão Nacional de Saúde da China diga que a taxa de mortalidade desse vírus seja de 2,1%, em Wuhan, epicentro do surto, essa taxa chegou mais perto dos 3%.

Também de acordo com a omissão, 80% das mortes foram de pessoas com mais de 60 anos e que já tinham algum problema de saúde. Infelizmente, pode ser possível que outros vídeos falsos sejam veiculados. Mas é preciso investigar para que todos consigamos enfrentar esse surto de uma forma prudente.

Publicado em: 05/02/20 18h46