• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Especialistas dizem que uma ''pequena'' guerra nuclear poderia deixar o mundo sem comida

POR Leticia Rocha    EM Curiosidades      02/03/19 às 15h11

Enquanto muitos estão preocupados com o clima de tensão entre Estados Unidos e Rússia, a maioria ainda esquece que existem outras nações em entraves sérios, alguns desses que podem ser tão prejudiciais como uma nova guerra mundial. Estamos falando do conflito entre Índia e Paquistão. Ambos armados com bombas nucleares. A relação entre os países começou a ficar tensa quando a Índia ficou independente do imperialismo britânico. O território da Caxemira, por motivos religiosos, foi incorporado à Índia, que na época era de maioria hindu.

No entanto, com o fortalecimento do fundamentalismo religioso muçulmano, começaram a surgir manifestações que reivindicam a separação da Caxemira indiana. O pedido é de que a região seja anexada ao Paquistão. O conflito vem desde a década de 1980, o problema agora é que as ameaças se tornam cada vez mais sérias. Assim com crescem as ameaças, aumenta também o investimento na indústria armamentista.

Pequena guerra nuclear

O que tem preocupado alguns é que ambos os países possuem armas nucleares. Em meio à tantas ameaças, existe a possibilidade de que eles travem uma pequena guerra nuclear. Você deve estar se perguntando porque seria pequena, afinal não deixa de envolver armas perigosíssimas. Acontece que as armas nucleares que ambos têm não possuem grande poder destrutivo. O que aconteceria seria um conflito regional.

Você deve estar feliz e comemorando, pensando "menos mal isso não vai me atingir, eu estou longe da zona de conflito". E é aí que você se engana, na verdade, é aí que a maioria das pessoas se engana. Não é porque uma bomba tem menor poder destrutivo que ela não irá afetar todo o mundo. E acredite, não apenas pode afetar como irá, e terá resultados catastróficos e muito destrutivos.

Devastação da Terra

Quando uma bomba nuclear é acionada, os efeitos se estendem para muito além do local que é atingido. E isso pode acontecer de várias formas diferentes, como por exemplo, através das chuvas que podem estar contaminadas com detritos radioativos. Além disso, a onda de calor da explosão pode atingir uma grande área, o que pode inclusive levar à ocorrência de incêndios. Outro fator é a possibilidade de interferir nos cultivos alimentares, que poderiam ser perdidos, condenando regiões à fome.

Em uma simulação realizada para mensurar a destruição de uma guerra dessa dimensão, chegaram à conclusão de que poderiam ser utilizadas 50 armas nucleares, de menor poder destrutivo. Se essa simulação sair de acordo com os cálculos, cerca de 5 milhões de toneladas de fumaça seriam liberadas no ar. Isso desencadearia um inverno nuclear que duraria anos. Além disso, um conflito desse tipo poderia eliminar entre 20 e 50% da camada de ozônio.

Como você pode perceber, os danos de uma "pequena" guerra nuclear podem ser muito maiores do que se imagina. Afinal, não deixa de ser uma guerra nuclear. Por isso é preciso que todos estejamos atento, afinal, esse conflito poderia afetar a todos nós. Agora, se isso ocorreria em uma guerra entre Índia e Paquistão, imagine entre duas grandes potências como EUA e Rússia? Agora você compreende porque todo o mundo está preocupado com tantas acusações e ameaças?

E você, o que pensa sobre esses grandes conflitos? Nos conte aqui nos comentários. Aproveite e marca aquele amigo que adora saber sobre o que ocorre no mundo das tretas.

Próxima Matéria
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+