Curiosidades

Essa estudante encontrou por acidente um metal mais raro que ouro e diamante

0

Provavelmente, quando você era criança, você já brincou de caça ao tesouro e se animava quando achava o tesouro tão esperado. Quando crescemos, deixamos de lado algumas brincadeiras, até porque tesouros não são tão fáceis de se achar igual eram quando éramos crianças.

Mas às vezes, podemos achar coisas que são de grande valor. Esse foi o caso da australiana Morgan Cox, uma estudante da Escola de Geologia e Ciências Planetárias na Universidade de Curtin. O que ela encontrou em uma cratera no oeste do país foi nada mais que um mineral muito raro.

Mineral

O mineral, que é mais raro que o ouro e diamante, é chamado de reidite. Ele se forma somente nas rochas que passaram por uma pressão extrema e que é criada pelas rochas que chegaram do espaço e colidiram com a crosta da Terra.

Morgan explica que o reidite é formado através de um mineral chamado zircão, e que ele é bastante comum. Além disso, ele vai se modificando com a pressão que é gerada pelo impacto e isso sim é um fenômeno muito raro. Tão raro que esse mineral só foi encontrado em apenas seis crateras na Terra. E na Austrália, foi a primeira vez que ele foi descoberto.

Descoberta

A descoberta foi feita porque Morgan quis reexaminar as mostras que foram coletadas há 17 anos na cratera de Woodleigh, que fica perto de Shark Bay, na Austrália.“Quando voltamos a estudar essas rochas, usamos ferramentas melhores que antes e encontramos partículas microscópicas do mineral reidite”, disse o supervisor da pesquisa, Aaron Cavosie.
O que foi observado com isso foram os indícios da enorme pressão que as rochas sofreram nesse impacto e que as transformaram em uma coisa parecida com um acordeão.

Estão oferecendo 16 mil euros para quem ficar deitado por dois meses, entenda

Matéria anterior

Vídeo mostra incrível experimento que faz imã levitar

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos