• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Essa joia de Tutancâmon pode ter origem extraterrestre

POR Leticia Rocha    EM Mistérios & Horror      16/11/18 às 16h13

Tutancâmon ou Tutankhamon foi um dos faraós do Antigo Egito. Um dos mais jovens e também de reinado mais curtos, uma vez que morreu ainda muito novo. Tutancâmon se tornou faraó quanto tinha apenas 9 anos de idade e faleceu 10 anos mais tarde, quando tinha apenas 19 anos, sem deixar nenhum herdeiro.

A causa de sua morte não é conhecida, os especialistas especulam que talvez fosse por conta de uma doença hereditária, mas não se sabe ao certo. Por ter tido uma vida e reinado tão curtos, sua vida não gera grandes expectativas nas pessoas. No entanto, seu túmulo foi um dos poucos a serem encontrados quase que em estado perfeito de conservação.

Dentro de sua tumba, foram encontrados inúmeros objetos que revelaram sobre muito sobre a história do Antigo Egito. Um dos objetos encontrados é extremamente raro e suspeita-se de que tenha origem extraterrestre.

O adorno de Tutancâmon

O adorno encontrado na tumba do mais jovem faraó é uma representação do deus Rá, o deus do sol. A principal joia do Adorno é um besouro formado por uma pedra translúcida amarelada. A princípio, os estudiosos acreditaram que a joia era, na verdade, uma variedade do quartzo, uma calcedônia.

No entanto, anos mais tarde descobriram que o besouro erafeito de Vidro do Deserto da Líbia. Um elemento extremamente raro, encontrado apenas nessa região. A pedra é composta pela mistura de ferro, níquel, cobalto, cromo e irídio. No entanto, não se sabe ao certo como ele surgiu.

Os vidros naturais geralmente são resultado de pedras ricas em quartzo que se derretem e aquecem rapidamente, o que indicou uma possível queda de um meteoro. No entanto, essa hipótese foi refutada já que não existe nenhum vestígio de que o local tenha sido atingido por um corpo celeste do tipo. Dentre todas as teorias para o surgimento da joia, a mais plausível é de que um cometa de gelo tenha explodido sobre a Líbia, antes de atingir o solo. Isso teria sido o suficiente para transformar a areia em Vidro do Deserto.

Adaga de Tutancâmon

Um outro objeto curioso, encontrado na tumba do faraó, foi uma adaga composta por níquel e cobalto. Ambos os componentes são encontrados em ferro de meteorito, o que reforça a teoria acima. Mesmo após mais de 3 mil anos enterrado, o material ainda estava em perfeito estado e super conservado.

O mais curioso é que os egípcios, ao que tudo indicam, sabiam da origem meteórica do material, uma vez que chamavam o material de "o ferro do céu". O material teria grande valor em objetos de ornamentação e cerimoniais.

O fato de não encontrarem mais informações sobre o meteorito que deu origem a ambos os objetos, fortalece sua suposta origem extraterrestre. Os objetos caídos do céu, de procedência meteórica, segundo os próprios cientistas, sugerem uma origem fora do planeta que ainda não foi explicada.

Próxima Matéria
Via   globo     seuhistory  
Leticia Rocha
Estudante de Jornalismo, apaixonada por pequi, vendedora de pão de mel e de tudo que colocar na minha mão!
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+