• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

Esse homem está preso no corpo de um menino de 12 anos

POR Bruno Dias    EM Mistérios & Horror      22/08/18 às 18h21

Algumas vezes não nos sentimos confortáveis em nosso próprio corpo. Estamos sempre querendo mudar algum aspecto. Mas esse caso vai além de uma pequena insatisfação com alguma parte física.

O caso aconteceu com Tomasz Nadolski. Ele tem 25 anos, mas devido à problemas de saúde seu corpo se subdesenvolveu e ele se assemelha ao de um menino de 12 anos. O homem começou a ter problemas de saúde aos sete anos de idade, ele vomitava depois de qualquer refeição que fazia e tinha uma dor muito forte no estômago, nas mãos e nos pés.

Como no começo dos problemas Tomasz ainda era muito novo, ele sofreu muito com bullying na escola. Seus colegas o caçoavam por sua extrema magreza. Isso continuou por vários anos, e os médicos não conseguiam dizer de que o garoto sofria. Dezesseis anos depois, a condição do garoto foi descoberta, mas isso não foi sinal de melhora.

A doença de Tomasz era a doença de Farby. Uma condição genética causada pela falta de uma enzima responsável pelo processamento de biomoléculas que são chamadas de esfingolipídios. Eles são acumulados nas paredes de alguns órgãos e vasos sanguíneos e causam sintomas com dor e falência dos órgãos. No caso de Tomasz um dos efeitos da doença foi deixá-lo com aparência de um menino de 12 anos.

"Tenho 25 anos e gostaria de me parecer com um homem da minha idade. Eu odeio esse garoto que vejo todos os dias no espelho, porque não sou eu", disse. Ele ainda diz que tem problemas com as pessoas acreditarem que ele realmente tem a idade que tem e não a que aparenta.

Doença

E a doença de Farby não afeta somente a aparência de Tomasz. Ele não consegue se alimentar de maneira adequada. Para isso ele precisa de uma sonda intravenosa que fica conectada a ele 20 horas por dia, o dando os nutrientes necessários. Como ele está em constante dor, ele precisa de vários analgésicos, e essa dor o impede de dormir direito a noite e faz com que o simples ato de caminhar seja um suplício.

Já que essa condição é rara, ele precisa viajar pela Polônia para obter os tratamentos necessários que trouxeram pequenas melhorias. Atualmente, Tomasz toma medicação especial, que custa 215 mil dólares, para deixar sua doença sob controle. Felizmente, o fabricante do remédio dá ao homem o remédio de graça. A certeza de melhora não existe, mas a de que ele piorará sem a medicação é certa.

Hereditário

Aos 12 anos, o irmão de Tomasz também foi diagnosticado com essa doença mas com sintomas menos graves. Tomasz tem tido dificuldades de se levantar da cama e precisa de grandes doses de morfina para aguentar a dor. Seu corpo está em progressiva degradação e prejudicando sua estabilidade mental.

Sobre o futuro e a possibilidade de ter uma família, Tomasz é bem realista. "Tenho a sensação de que estou mentalmente muito debilitado, sinto que, depois de todas essas experiências, eu teria que passar por uma psicoterapia profunda para poder criar um relacionamento saudável".

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+