Os caranguejos-ferradura têm uma aparência estranha, sangue azul e um parentesco incomum e surpreendente. Pela aparência e até mesmo pelo nome, muitas pessoas pensariam que seu parentesco mais próximo seria com os caranguejos ou com qualquer outro crustáceo. No entanto, uma descoberta recente mostrou que as coisas não são como parecem.

Parece estranho, e na verdade é um pouco, mas de acordo com as análises que realizaram, estes caranguejos são aracnídeos. Não parentes distantes, nem próximos, eles se classificam como aracnídeos.

Árvore genealógica do caranguejo

Publicidade
continue a leitura

Os cientistas realizaram um sequenciamento genético de caranguejos-ferradura e de alguns aracnídeos. Depois, os dados foram utilizados para desenhar a árvore genealógica de ambos. Os pesquisadores sempre enfrentaram dificuldades em resolver essa parte específica da árvore genealógica. O que surpreendeu foi que, em todas as análises, em todas as formas diferentes que usavam para montar a árvore, os caranguejos estavam dentro do grupo de aracnídeos.

Os cientistas sempre souberam que as espécies estavam relacionadas, mas nunca souberam o quão próximos eles estavam. O que sabem é que fazem parte do mesmo grupo e do mesmo subfilo que é o Chelicerata. Outra informação sobre o surgimento das espécies é que elas apareceram há cerca de 450 milhões de anos atrás, na mesma época em que os aracnídeos apareceram.

A principal teoria para explicar como um caranguejo pode se classificar como aracnídeo é a seguinte: os aracnídeos e os caranguejos-ferradura tinham um ancestral em comum e depois se dividiram em dois ramos irmãos. Uma linhagem seguiu para vida terrestre, enquanto a outra permaneceu no ambiente aquático e são essas que chamamos de caranguejo-ferradura.

Publicidade
continue a leitura

Caranguejo-ferradura e suas especificidades

O caranguejo-ferradura não tem apenas uma árvore genealógica curiosa. O sangue do animal é talvez o seu grande diferencial e maior atrativo. O sangue do caranguejo é azul, e além disso, tem capacidades incríveis. O caranguejo tem grandes propriedades medicinais, isso porque em seu sangue existe um componente químico que consegue detectar e isolar uma bactérias rapidamente e o melhor de tudo é que ele funciona mesmo em quantidades ínfimas.

Publicidade
continue a leitura

Além disso, o sangue dos caranguejos também é utilizado para testar vários medicamentos e vacinas. Quando o sangue encontra no medicamento qualquer bactéria, ele coagula e vira um tipo de gel. Esse é o principal indicativo de que o medicamento não é seguro. Então, indiretamente, o sangue do caranguejo já salvou várias vidas humanas no decorrer da História.

O caranguejo é realmente muito versátil, não apenas quanto à sua genealogia, mas também quanto às suas funcionalidades. Os cientistas seguem na tentativa de entender melhor a árvore genealógica do animal. Afinal, eles ainda não sabem como explicar exatamente como foi o processo de evolução até que o caranguejo surgisse ou até que eles se transformassem em aranhas.

E você, conhece algum outro animal diferentão? Que parece mamífero, mas na verdade é um anfíbio? Ainda não achamos esse. Calma, esse é apenas um exemplo. Mas você lembra de algum caso? Se conhece, nos conte aqui nos comentários. Aproveite e marque aquele amigo que adora saber curiosidades sobre o mundo animal.

Publicado em: 28/02/19 19h20