Curiosidades

Estudo sugere que vírus da gripe consegue impedir avanço da Covid-19

0

O mundo está passando por momentos difíceis desde que o novo coronavírus passou a assombrar a humanidade. No ano de 2020, iniciou-se uma nova pandemia. Desta vez, o vírus que foi identificado primeiro em Wuhan, na China, logo se espalhou pelo mundo, fazendo centenas de milhares de vítimas fatais. Desde então, as pessoas têm lutado para frear os casos e os governos buscam, a todo custo, uma solução. Nos apegamos a diversas coisas quando o assunto é Covid-19. Você já deve ter ouvido a expressão “o inimigo do meu inimigo é meu amigo”, né? Pois bem, é basicamente isso que estamos vivendo após um novo estudo.

Esse ditado é bastante popular no Brasil e quer dizer que, basta que alguém tenha os mesmos problemas que você para que vocês acabem se aproximando. Atualmente, existem vacinas e promessas de muitas que ainda não surgiram. Além disso, os diversos cientistas ainda buscam remédios que sejam eficazes contra o vírus causador da Covid-19. Os estudiosos ficaram surpresos ao descobrirem, em um novo estudo publicado no Jounal of Infectious Diseases, que o rinovírus é capaz de “segurar” a infecção das células pela Covid-19. Confira mais detalhes sobre.

O vírus que pode impedir o avanço da Covid-19

O rinovírus é um dos responsáveis pela gripe comum. Essa descoberta sugere que o coronavírus sofre um pouco mais para se expandir em pessoas que estejam contaminadas pelo rinovírus. É basicamente uma disputa por espaço dentro do corpo. “Este efeito foi observado independentemente de os vírus serem usados como coinfecção simultâneas ou as infecções foram escalonadas, por exemplo, infecção por SARS-CoV-2 seguida 24 horas depois por infecção por HRV”, disse o professor Lawrence Young, professor de Oncologia Molecular da Warwick Medical School, que não se envolveu no estudo.

Esse efeito, de acordo com os autores do estudo, foi provavelmente devido ao HRV desencadear uma resposta imune inata nas células respiratórias humanas, o que conhecemos como resposta do interferon. “O estudo ainda mostrou que este efeito inibitório foi devido à ativação robusta de indução de HRV da resposta imune imediata por interferon. A resposta do interferon induzida pela infecção por SARS-CoV-2 é muito menor e mais fraca”, explicou o professor Young.

Condução do estudo

A equipe usou modelagem matemática para ver se as infecções pelo vírus da gripe poderiam mesmo superar as infecções do vírus causador da Covid-19 em uma população simulada. Como eles já esperavam, foi comprovado que o número de novas infecções por SARS-CoV-2 diminuiu conforme o número de infecções por HRV aumentava, sugerindo que o vírus causador do resfriado comum pode interromper a propagação do vírus causador da Covid-19.

“Os virologistas já sabem sobre a ‘interferência’ viral entre os rinovírus e a influenza sazonal (gripe) – as respostas imunes inatas ao hospedeiro (incluindo interferon) induzidas por rinovírus podem reduzir o sucesso da infecção de incluenza em humanos. O fato de que o rinovírus também podem ‘interferir’ na infecção por SARS-CoV-2 é intrigante e precisa de mais confirmação”, disse o Dr. Julian Tang, Professor Associado Honorário em Virologista Clínica da Universidade de Leicester.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Por que risco de febre amarela aumenta no Brasil e o que macacos têm a ver com isso

Matéria anterior

Caverna dos Horrores em Israel rendeu descobertas surpreendentes

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.