• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Família acreditou estar comprando um mini porco e teve surpresa tempos depois

POR Toni Nascimento    EM Curiosidades      20/03/19 às 19h38

A vida é inesperada, e olha que estou falando das coisas do dia a dia e não sobre os grandes mistérios do universo. Às vezes, compramos goiaba na feira, e quando chegamos em casa, percebemos que na verdade pegamos por mexericas.

Às vezes, pode ser bem pior do que isso. Um caso que podemos usar de exemplo, aconteceu com um casal no Canadá, mais precisamente com Steve Jenkins e Derek Walter. Um deles tinha um amigo que estava vendendo um mini porco.

Surpreendentemente, o casal se interessou pelo animal pequenino. Admita, apesar de ser fofo, estamos mais acostumados a ver pessoas adotarem cachorros e gatos, e não porcos. Mas tudo bem, os pequenos bacons ambulantes também merecem ser amados. Acontece que, após adotarem o bichinho, muito fofo por sinal, acabaram descobrindo, com o passar do tempo, que ele realmente era um porco convencional, porém, não era tão mini assim. Na verdade, ele era exatamente o contrário de mini.

O pequeno grande porco

Naquele verão de 2012, quando Steve Jenkins adotou o pequeno leitão, ele não sabia que aquela decisão mudaria a sua vida, e de seu parceiro, para sempre. O mini porco, que se chama Esther, na verdade não era de uma raça pequena, e sim, bem grande.

Esther, que não deveria passar dos 32 quilos, uma vez que era mini, alcançou impressionantes 113 quilos quando realmente chegou à vida adulta. Ela era um porco comercial, ou seja, se não tivesse ido para a casa do jovem casal, ia acabar virando prato de um almoço de domingo em algum canto do Canadá.

Quando Steve Jenkins e Derek Walter perceberam que a porca ia ficar maior do que estavam esperando, já era tarde demais: eles estavam completamente apaixonados por ela. Acontece que era impossível manter o animal na casa, uma vez que a residência era pequena demais para ela.

Eles fizeram então o impensável: adaptaram toda a sua vida em função de Esther. Eles não só compraram uma fazenda e abriram a "Fazenda Santuário Happily Ever Esther", onde poderiam cuidar de Esther e outros animais com necessidade de espaço, como também viraram veganos em definitivo.

Tudo isso só foi possível graças ao sucesso que Esther fez nas redes sociais. Sua conta no Facebook ganhou milhares de seguidores muito rapidamente. Não demorou para os donos, inclusive, escreverem um livro sobre a história da porca (veja aqui).

Negócios e animais

Os dois integrantes do casal passaram por experiências de negócios antes de Esther, e isso foi muito importante quando ela apareceu na vida deles e eles precisaram adaptar suas vidas e perceberam uma brecha para o mercado.

Apesar da Esther ter começado um novo negócio na vida deles, a porca não se resume a apenas isso. Os dois sempre tiveram um grande amor por animais. "Eu era o garoto que trouxe para casa um esquilo ferido ou um pássaro que havia caído de uma árvore. Era eu: resgatando as tartarugas fora da estrada. Todo esse tipo de coisa", afirmou Steve Jenkins.

Selecionamos algumas fotos de Esther e do seus donos, para você se encher de fofura.

#1

#2

#3

#4

#5

#6

#7

#8

#9

#10

#11

#12

#13

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta aqui com a gente e compartilha nas suas redes sociais. Para você que está completamente apaixonado pela Esther, aquele abraço.

Próxima Matéria
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+