Embora tenha sido lançada apenas no mês passado, The Witcher já vinha dando o que falar há muito tempo. Ao passo que a líder da audiência da HBO, Game of Thrones, chegou ao fim, alguns meses antes, a Netflix já tinha se preparado para lançar sua própria série de fantasia medieval. Apesar de ambas possuírem premissas e até tonalidades diferentes, é inevitável compará-las. Considerando que a produção da gigante do streaming vinha sendo vendida como a sucessora da adaptação das Crônicas de Gelo e Fogo, essa situação já era esperada. No entanto, recentemente, alguns fãs bem observadores notaram uma conexão direta entre as duas séries.

Além do cenário mediévico, criaturas fantásticas, magia e grandes batalhas, The Witcher e Game of Thrones compartilham também Vladimir Furdik. Apesar do nome não ser tão familiar, garantimos que você logo se recordará dele. Enquanto na produção da HBO, Furdik interpretou o temível Rei da Noite, na série da Netflix, ele atuou como coreógrafo das cenas de luta. Surpreendentemente, a revelação veio por meio das redes sociais. Através de uma foto compartilhada no Twitter, Furdik se mostrou ao lado de Anya Chalotra, a Yennefer na série.

Embora Furdik seja mais conhecido por sua atuação, como a principal ameaça de GOT, ele também coordenou os dublês, nas primeiras cinco temporadas do programa. Sendo assim, a notabilidade de seu trabalho resultou em uma oportunidade na narrativa de Geralt de Rivia. Visto que The Witcher vem sendo elogiada pela qualidade de suas cenas de ação, podemos dizer que Furdik tem se tornado renomado na área. Contraditoriamente, parece que Furdik não retornará para a segunda temporada, já confirmada, da série.

Publicidade
continue a leitura

Quem é Vladimir Furdik?

Vladimir Furdik é um ator e dublê eslovaco. Em seus quarenta e oito anos de existência, ele já atuou em diversos filmes. Robin Hood, Princípe da Pérsia e O Caçador e a Rainha de Gelo são alguns deles. No entanto, o maior papel de sua carreira foi, até o momento, na série mundialmente aclamada Game of Thrones. O ator estreou como Rei da Noite na sexta temporada e apareceu em quinze episódios do seriado. Contudo, como seu personagem era um homem de poucas palavras - pra não dizer nenhuma - e totalmente coberto de maquiagem, muitas pessoas desconhecem o trabalho de Furdik.

Publicidade
continue a leitura

Em uma entrevista, perguntaram ao ator porque ele aceitou o papel de Rei da Noite. "Eu não sei ao certo porque eles me chamaram. Quando gravamos a segunda temporada, eu fui o Caminhante Branco, que lutou com Jon Snow. Na primeira vez, que Jon Snow matou um caminhante, aquele era eu. Depois disso, os produtores David Benioff e D.B. Weiss perguntaram se eu seria o Rei da Noite da sexta temporada adiante. Eu nunca perguntei o porquê, talvez, eles ficaram felizes com meu desempenho na quinta temporada", respondeu Furdik.

Por razões óbvias, a transformação do ator, de um homem normal ao comandante do exército dos mortos, é bastante demorado. O processo de maquiagem leva horas e os maquiadores aplicam próteses, pintura e outros efeitos práticos para criarem o visual do caminhante branco. Na vida real, Furdik é bem diferente do Rei da Noite, tanto na aparência, quanto na personalidade.

Publicado em: 07/01/20 12h56