Entretenimento

Fortnite: Curiosidades sobre o jogo que revolucionou o Battle Royale

0

O mundo dos games está cada vez maior devido à facilidade de acesso. Hoje em dia, quase todos os lares possuem um computador ou console, ambos com acesso a internet, o que torna possível entrar no universo dos jogos eletrônicos. Alguns deles movimentam a indústria com os milhões de dólares depositados anualmente. League of Legends, por exemplo, está no topo da lista dos mais jogados e a empresa desenvolvedora, Riot Games, lucra milhões por ano. Outro grande destaque é o Fortnite, jogo no estilo Battle Royale que chegou para inovar o cenário competitivo. Fortnite ganhou grande destaque ao viralizar no mundo todo.

Para quem não sabe, esse jogo eletrônico multijogador foi revelado originalmente no ano de 2011. Diferente do League of Legends, que citamos, Fortnite foi desenvolvido pela Epic Games e lançado como diferentes modos de jogos que compartilham um só tipo de jogabilidade e motor gráfico de jogo. Podemos encontrar esse jogo para PC, Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch e ainda suas versões mobile, tanto para Android quanto para iOS.

Diante do grande fenômeno dos Battle Royale, decidimos trazer essa matéria com algumas curiosidades sobre Fortnite. Confira conosco a seguir e compartilhe com seus amigos desde já. Sem mais delongas, vamos lá.

Curiosidades sobre Fortnite

1 – Ideia inicial

Quando falamos de Fortnite, as pessoas pensam imediatamente em Battle Royale. No entanto, a ideia inicial da Epic era focar no Save the World, a campanha PvE cooperativa, onde os single player precisavam, em conjunto, construir barreiras e se proteger de hordas de inimigos em um mundo pós apocalíptico. Isso mudou quando o estúdio decidiu lançar a nova versão standalone do jogo baseada em PUBG. Assim, Fortnite: Battle Royale se tornou um grande fenômeno.

2 – Faturamento absurdo

Em abril de 2018, o mundo parava para acompanhar Vingadores: Guerra Infinita. Esse foi um dos maiores lançamentos do ano, faturando R$ 250 milhões apenas na primeira semana. No mesmo mês, Fortnite recebeu um evento com o tema do filme e faturou US$ 296 milhões na mesma semana. Naquele ano, o jogo faturou incríveis US$ 2,4 bilhões.

3 – Processo da Epic

A Epic Game é muito rígida nas ações para acabar com presenças de cheaters em seus jogos. Alguns jogadores foram pegos usando trapaças e logo foram banidos. Em casos mais sérios, esses jogadores foram processados, como aconteceu com um garoto de 14 anos. Esse caso aconteceu em 2017, quando a empresa criadora do Fortnite moveu uma ação legal contra jogadores, que estavam usando aimbots do site Addicted Cheats.

4 – Tema de prova final de química

Em 2018, dois estudantes da Tippecanoe High School, em Ohio, Estados Unidos, decidiram desafiar seu professor. Se eles conseguissem 6,7 mil retweets em uma foto pedindo pelo tema da prova, as questões seriam sobre Fortnite. Felizmente, a publicação viralizou e eles conseguiram mais de 30 mil compartilhamentos. Desta forma, o professor decidiu elaborar a prova inteira baseada em Fortnite.

5 – Dança proibida

Dentro do jogo, os personagens podem dançar e uma das danças mais famosas é “Floss”, inspirada em uma dança que o garoto Russel “Backpack Kid” Horning fez quando se apresentou com Katy Perry no Saturday Night Live. Essa viralizou bastante por causa do jogo, mas uma escola em Devon, na Inglaterra, proibiu a dança. De acordo com a direção do colégio, Fortnite “recompensava o assassinado de outros seres humanos” com essa dança.

6 – Caminho até ser lançado

A primeira vez que falaram em público sobre o jogo foi em 2011 durante o SpikeTV Video Game Awards. No entanto, na época, havia apenas três semanas que o estúdio tinha elaborado a ideia do Fortnite. Depois que diversos atrasos, o jogo teve seu lançamento oficial em julho de 2017.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

10 fotos que foram divulgadas neste mês de abril e você não viu

Matéria anterior

4 técnicas que as mulheres estão utilizando durante o sexo

Próxima matéria

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.