Curiosidades

Garoto de 2 anos compra mais de 10 mil em móveis com celular da mãe

0

Hoje em dia é impossível pensar em viver sem celular. Com o aparelho nós temos o mundo na mão. Podemos nos comunicar com alguém que está do outro lado do planeta, ver notícias, realizar quase todas as atividades bancárias, usar as redes sociais, jogar, ouvir músicas e até mesmo gastar uma grande quantidade de dinheiro comprando móveis.

Sim, esse último caso aconteceu nos Estados Unidos. O menino de dois anos, Ayaansh Kumar, estava brincando com o celular da sua mãe quando apertou um botão sem querer. Como resultado disso, ele fez uma compra de quase dois mil dólares, aproximadamente 10,8 mil reais.

A compra de todos esses produtos foi feita pelo menino porque antes de ele estar brincando com o celular da sua mãe, ela, Madhu Kuma, tinha colocado várias coisas no carrinho virtual do site do Walmart.

Celular

G1

Para a surpresa dos pais de Ayaansh, eles só ficaram sabendo da peripécia do filho quando várias caixas começaram a chegar na casa deles. Dentre os pacotes estavam poltronas e suportes para plantas.

Os pais do menino deram uma entrevista para a NBC e revelaram que vão ficar com alguns itens comprados pelo filho, mas que vão tentar devolver a maioria deles e tentarão pedir o reembolso pelas compras feitas pelo filho deles através do celular.

Outro caso

Pais e filhos

E se engana quem pensa que esses casos de crianças com celular dos pais só acontece nos Estados Unidos. No fim de 2020, uma criança de três anos pegou o celular da mãe enquanto ela tomava banho e acabou fazendo um pedido de 400 reais em lanches do McDonald’s.

A mãe, Raissa Wanderley de Andrade, de 32 anos, disse que ficou desesperada quando viu a compra feita pelo filho. Esse caso aconteceu em Recife, aqui no Brasil.

“A princípio eu disse: ‘Não, acho que é algum engano. Não pedi nada’. E disseram que estava no elevador. Eu imaginei que fosse alguém que tivesse mandado alguma coisa para mim. Daí quando eu cheguei na cozinha tinha lá um bocado de sacola do McDonald’s”, contou a mãe.

“Eu ri e chorei de nervoso. Porque eu vi uma conta de R$ 400 e quanto mais eu tirava os pedidos, mais eu ria. Dez milk-shakes, eu, minha mãe e meu marido em casa, três adultos, ele e uma bebê de 11 meses. Eu falo esta história e rio. Acho que eu passei uma hora rindo e até concluí que foram R$ 400 de terapia do riso porque fazia tempo que eu não ria tanto”, continuou.

O menino de três anos, apelidado de Tom, comprou ao todo seis promoções de hambúrgueres, uma batata frita grande, seis Mc Lanches Feliz, oito brinquedos extras, duas porções de nuggets, 10 milk-shakes, duas tortinhas de maçãs, dois sorvetes de morango, dois sorvetes McFlurry, oito garrafinhas de água, um suco de uva e molhos.

O mais engraçado de tudo isso foi que mesmo depois dessa compra gigante feita pelo celular da mãe, Tom ficou triste porque não recebeu o brinquedo que ele queria.

Fonte: Metrópoles

Imagens: G1, Pais e filhos

Chico Bento ganhará filme solo em 2023

Matéria anterior

Padrão oculto na retina mostra se você tem risco de um ataque cardíaco

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications