Curiosidades

Homem acaba morrendo após comer lagartixa em desafio

0

O australiano David Dowell, de 34 anos, acabou sendo desafiado durante uma festa de Natal. O desafio incluía a ingestão de uma lagartixa. O australiano executou a tarefa mas acabou agonizando até a morte. Segundo um jornal local, Dowell, que era pai de três filhos, contraiu salmonela ao entrar em contato com o réptil e morreu 10 dias após o ocorrido. O contágio por salmonela costuma ocorrer pela ingestão de água ou alimentos com a bactéria.

Ao ser atendido em um hospital de Brisbane, na Austrália, os médicos inicialmente pensaram que se tratava de um caso de gastroenterite. Ou ainda que Dowell estava enfrentando uma ressaca. Ao sinalizarem que dariam alta para o paciente, a família do australiano interveio, afirmando não se tratar de uma banalidade.

Depois de passar por alguns exames, a equipe médica comprovou que Dowell sofria de uma caso de infecção por salmonela. Seu quadro, com o passar dos dias, foi se agravando. De acordo com informações do Centro para Controle e Prevenção de Doenças da Austrália, os répteis, apesar de parecerem muitas vezes limpos e saudáveis, também podem ser uma fonte de contágio para salmonela. E, como no caso de Dowell, podem resultar em graves infecções.

O caso de Dowell apresenta algumas contradições. Na verdade, ninguém que estava na festa soube ao certo informar se o homem comeu ou não a lagartixa. Ou se ele apenas tocou no réptil. Nem mesmo os médicos encontraram evidências de que o homem havia de fato comido o animal. Entretanto, independentemente de como aconteceu, fato inegável são as consequências de seu contato com o mesmo.

Um grande choque

Sua saúde piorou a ponto de terem que colocá-lo em coma induzido. Uma vez que ele estava em constante estado de agonia.

“Seus testículos estavam inchados parecendo toranjas e havia vazamento de líquido deles”, contou a mãe de Dowell, Michelle, ao portal  SMH. “Os médicos disseram que era normal. Que era apenas todo o fluido na cavidade do estômago.” Apesar dos esforços médicos, dez dias depois do evento, durante uma cirurgia, Dowell morreu. Em seu laudo médico, a causa relatada foi falência múltipla dos órgãos.

Entretanto, seus familiares não sabem dizer ao certo o que matou o homem. E até mesmo questionaram algumas decisões que foram tomadas pela equipe médica do hospital. “O cirurgião basicamente disse que precisava daquela cirurgia imediatamente”, disse Hannah Dowell, a irmã de Dowell.

“Nós não sabemos 100 por cento como ele passou, mas no atestado de óbito, ele disse ingestão de lagartixa, então estou assumindo que foi isso”, lamentou sua companheira, Allira Bricknell, em entrevista ao portal 7News, com quem Dowell manteve um relacionamento por 15 anos e teve três filhas – Alyssa, Claudia e Sage.

Para Mark Turner, vice-diretor da Faculdade de Agricultura e Ciências Alimenticias da Universidade de Queensland, a teoria da ingestão da lagartixa é completamente plausível. “É possível que, se a lagartixa foi comida, a Salmonella foi liberada enquanto o animal estava sendo digerido, mas nunca ouvi falar de nada parecido antes”, disse ele, ao Brisbane Times.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião e não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Diretor de Homem-Aranha: Longe de Casa fala sobre o Tio Ben

Matéria anterior

7 vícios alimentares mais estranhos que existem

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.