Nos últimos tempos, aqui no Brasil, temos visto muitos protestos em várias cidades do país. E como o brasileiro não brinca em serviço, os protestos por aqui são bem peculiares, e é possível ver de tudo. O que não faltam são memes para provar isso. Em meio à multidão lutando pelos seus direitos, vemos sempre alguém chamando a atenção pelos motivos mais aleatórios possíveis. Mas será que somos os mais peculiares na hora de fazer um protesto? Pelo visto não. Na China, os protestos são muito diferentes de tudo o que já vimos por aqui.

Não é que não sejamos civilizados, mas os chineses já demostraram diversas vezes que eles podem ser muito responsáveis, até mesmo em meio a um protesto. Prova disso são essas imagens do último protesto que aconteceu na cidade de Hong Kong. Desde o começo do ano, manifestações em longa escala tem ocorrido na cidade. Os cidadãos estão protestando contra uma nova lei de extradição. O decreto implica na extradição de criminosos condenados para a China, Macau e Taiwan. Para os protestantes, a medida é uma violação dos direitos humanos. Já os defensores da lei, estão confiantes de que isso ajudará na luta contra o crime internacional.

Segundo dados oficiais, estima-se que cerca de um a dois milhões de chineses foram às ruas nos protestos que aconteceram e participaram ativamente das manifestações. E o movimento surtiu efeito, já que no dia 15 junho, foi divulgado que as autoridades suspenderam o processo de aplicação da lei. Mas isso nem foi o que mais chamou a atenção do mundo. O comportamento dos chineses no protesto chamou a atenção do mundo. Todos ficaram fascinados pela disciplina e responsabilidade dos protestantes. Confira a seguir algumas imagens que mostram como é um protesto na China.

As fotos

A começar por essa imagem da multidão abrindo caminho para que uma ambulância passasse entre os protestantes. A foto acabou se tornando um dos símbolos dos protestos.

Publicidade
continue a leitura

Quem disse que protesto não é lugar para estudar, não conhece os chineses. Em meio à manifestação, alguns estudantes encontram tempo e concentração para se prepararem para as provas.

A disciplina dos habitantes de Hong Kong não passou despercebida pelos jornalistas. Eles notaram que alguns deixaram garrafas de água em lugares estratégicos.

Eles também são muito solidários. Um vídeo onde os protestantes se aproximam de um jornalista estrangeiro e lhe entregam um guarda-chuva e um capacete acabou viralizando na internet.

Publicidade
continue a leitura

Alguns voluntários usando capas de chuva criaram zonas de segurança para que os feridos pudessem receber os primeiros socorros em meio ao movimento.

Infelizmente, o protesto não terminou sem vítimas. Um dos manifestantes morreu ao cair de um andaime. No local onde ele morreu, as pessoas se uniram para cercar o lugar.

Publicidade
continue a leitura

Em memória dos que morreram, muitos protestantes ensinaram a todos a dobrar origamis em forma de lírios.

Mesmo em meio ao caos, os protestantes continuaram a sua política de separar o lixo.

Após o fim dos protestos, os manifestantes voltaram ao local pare recolher todo o lixo no dia seguinte.

E você, o que achou das atitudes dos chineses em meio aos protestos? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Publicado em: 20/06/19 13h53