Isso é o que o filho de Pablo Escobar tem a dizer sobre o pai

POR PH Mota    EM História      17/03/17 às 16h54

Pablo Emílio Escobar Gaviria, filho do arquiteto colombiano Juan Sebastian Marroquín Santos e da mexicana María Ángeles Sarmiento, nasceu em Rionegro (Colômbia), no dia 1 de dezembro de 1949. Também conhecido como El Patrón, Pablito e Don Pablo, foi chefe do Cartel de Medellín, morreu em 1993, aos 44 anos.

Foi condenado a 60 anos de prisão pelos crimes tráfico de drogas, contrabando, extorsão, suborno, assassinatos, lavagem de dinheiro, corrupção política e terrorismo. Foi casado com María Victoria Henao Vallejo (1976-1993) e deixou dois filhos, Sebastían Marroquín (1977) e Manuela Escobar Henao (1984).

É importante lembrarmos que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único e exclusivo de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina a aqueles que se interessarem e/ou identificarem.

Aproveite para ler nossa matéria que mostra como está a família de Pablo Escobar 22 anos após a sua morte.

Sebastian Marroquín, o filho de Pablo Escobar, teve uma vida muito próxima a qualquer roteiro escrito por Quentin Tarantino. Também chamado de El Pacito ou Miguelito Escobar, hoje, com 40 anos, Sebastían é arquiteto e escritor. Em 2014 lançou a obra Pablo Escobar: Meu Pai, pela editora Planeta.

No livro ele conta, sem exageros, que com apenas sete anos ele já sabia o que era viver como um criminoso. Em 2009, um documentário intitulado Pecados de Meu Pai, Sebastían pediu desculpas às famílias de vítimas de seu pai.

Após a morte do chefe do Cartel de Medellín, esposa e filha precisaram percorrer um longo caminho entre África e Rio de Janeiro, até serem aceitas na Argentina e ambas precisaram trocar de nomes.

Provavelmente você deve se lembrar do seriado Narcos, lançado em 2015. Para Sebastían a imagem de seu pai, no programa dirigido por José Padilha (Tropa de Elite) e protagonizado por Wagner Moura, mostrou um personagem criado e não seu verdadeiro pai. "Se nem o time de futebol dele acertaram, imagine o quanto de erros tem ali."

Confira também 8 coisas que pouca gente percebeu ou sabia sobre Narcos.

Sebastían disse que seu pai teria orgulho de seu livro. Conta um pouco de sua história e cultura, que crescera numa família onde se é preciso honrar pai e mãe. Ainda disse que "é muito difícil separar o limite entre o amor de seu pai e os insultos e ofensas de suas vítimas. Dele, só recebi amor, nada mais."

O filho de um dos maiores traficantes da história também afirma que precisa aprender a conviver com a "dupla personalidade" deixada pelo pai, e que é impossível odiar o homem que o criou com tanto amor. Ele também diz que na Colômbia pouca coisa lhe resta, uma vez que apenas a família de sua mãe lhes importa, enquanto a de seu pai apenas o traiu e o vendeu aos inimigos enquanto vivo.

Além disso, para quem não sabe, Pablo Escobar chegou a ser um dos homens mais ricos do mundo, mas depois de sua morte, o governo tomou praticamente tudo da família, fosse através da justiça, fosse através da violência.

Sobre sua vida atual, Sebastian já sofreu muitas ameaças de morte, assim como toda sua família. Ainda não sabe como isso irá continuar e se irá. Mas, tem convicção de que quer apenas viver a vida de um homem de paz, tentando galgar a vida da melhor maneira possível, tentando sair dos escombros deixados por seu pai.

Quando perguntado, diz que o que mais sente falta de seu pai são seu amor e amizade. Mais que isso, seu pai se matou para que sua família pudesse viver. "Ele se suicidou para nos libertar da condição de reféns do Estado Colombiano. Todos nós temos data de vencimento. Meu pai só escolheu partir primeiro."

Então pessoal, o que acharam? Encontraram algum erro na matéria? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

Via   The Richest     R7  
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+