• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Isso é o que pode acontecer se a catapora não for bem tratada

POR Ultra Curioso    EM Ciência e Tecnologia      23/05/17 às 18h22

Uma menina de quatro anos quase perdeu as pernas após contrair catapora - infecção viral altamente contagiosa que causa uma irritação com bolhas na pele. A doença atinge cerca de 150 mil pessoas, por ano, somente no Brasil.

O caso aconteceu na Inglaterra em fevereiro de 2015, quando a vida de Bo August, que sempre foi uma criança alegre e saudável, se transformou em um pesadelo depois de ter pego catapora e ninguém suspeitar.

Os pais da menina só começaram a desconfiar que algo estava acontecendo dias depois, quando Bo começou apresentar dificuldades ao andar, em uma manhã, quando alguns hematomas cobrindo toda a perna e até mesmo a planta dos pés apareceram no corpo da criança.

Chegando no hospital, os pais da criança, Julia e Dan, receberam a notícia de que a menina estava com púrpura fulminante - uma doença rara que provoca o surgimento de manchas vermelhas na pele, causadas pelo acúmulo de sangue devido à inflamação dos vasos sanguíneos. Dependendo da gravidade, a pessoa pode morrer em poucas horas.

Bo chegou a ficar na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e corria o risco perder as pernas. "Eu perguntei ao médico se ela corria risco de vida, e ele respondeu que ela corria risco de morrer ou de perder as pernas", disse Julia.

Ainda segundo eles, a doença apareceu depois de o corpo de Bo tentar se defender da catapora, o que causou uma complicação resultando na coagulação no fluxo sanguíneo e, por consequência,sendo bloqueado. A menina chegou a receber um coquetel com 12 tipos de medicamentos, além disso, várias transfusões de plasma foram feitas e três enxertos de pele. Tudo isso para salvar a vida de Bo.

A criança ficou 10 semanas internada no hospital. Ela chegou a usar cadeira de rodas e precisou reaprender a andar, mas não foi preciso amputar suas pernas. No entanto, a menina precisou usar uma meia de compressão durante um ano.

"Eu quero alertar sobre esta doença, porque é o pesadelo de qualquer pais ouvir que seu filho pode morrer ou perder alguma parte do corpo por causa da catapora", contou Julia.

Bo já se recuperou da doença e está saudável. Atualmente ela vai à creche e aproveita as cicatrizes para se lembrar do que precisou enfrentar.

O que você achou dessa história? Deixe a sua opinião abaixo.

Próxima Matéria
Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+