Esse garoto cuidou da mãe com paralisia desde seus 8 anos
Tempo de leitura:2 Minutos, 46 Segundos

Esse garoto cuidou da mãe com paralisia desde seus 8 anos

Ouvimos muito que o ciclo da vida é nascer, crescer, se reproduzir e morrer, mas sabemos que ele pode ter suas variações. Um outro fato é que quando somos crianças, nossos pais é que cuidam de nós e fazem com que nossas necessidades sejam supridas, e à medida que nós vamos crescendo e nossos pais vão envelhecendo, esse quadro tende a mudar sendo os filhos que cuidam dos pais.

A história de um filho cuidando de sua mãe não seria tão impactante, mas a desse menino tem o seu porquê. A história de Vlad Kudryashov, morador da cidade de Dobryanka, na Rússia, foi notícia em todas as mídias no mundo. Todos ficaram surpresos ao saber que o menino de apenas oito anos administrava sozinho a sua casa e cuidava da sua mãe que tinha paralisia.

É claro que a família do menino teve uma história para que chegasse ao ponto de ele precisar se tornar a pessoa responsável pela casa mesmo sendo tão novo. Basicamente, quando Vlad nasceu, a sua família era como qualquer outra da cidade russa.

Depois de alguns anos após o nascimento do seu filho, o pai de Vlad se viciou em álcool, o que fez com que a mãe do garoto, Tatyana Kudryashova, deixasse o marido e se mudasse com o filho para uma velha cabana de madeira.

Vida

 

A vida de Vlad e sua mãe não era das mais estáveis, e quando o menino completou oito anos de idade, sua mãe sofreu um derrame que a deixou paralisada. O pai do menino já havia morrido, e com a situação em que sua mãe se encontrava, Vlad correu o risco de ir para um orfanato. Mas o menino não queria deixar a mãe.

Foi um vizinho de Vlad quem o ajudou com a questão da tutela para que o garoto e sua mãe não fossem separados. Ainda assim, ao mesmo tempo que havia muita felicidade nos dois por estarem juntos, eles tinham pela frente o desafio de viverem juntos com Vlad tomando conta de tudo.

História

A história de Vlad foi se tornar conhecida quando o garoto já tinha completado 16 anos. E todos ficaram surpresos quando souberam que, desde criança, era ele quem cozinhava, limpava a casa, cuidava de sua mãe, a alimentava, lavava as roupas e cuidava do que fosse preciso já que ela estava muito fraca para fazer as atividades.

E Vlad não desistiu de sua mãe em nenhum momento, nem mesmo quando ela ficou bastante mal e parou de falar. Ao invés de deixar para lá, ele se sentava ao lado da mãe todas as noites e lia para ela, a ensinando como falar novamente. Ele não conseguiria dar para sua mãe o tratamento completo que ela precisava para que sua doença não piorasse, mas ele conseguiu com que sua mãe voltasse a falar.

Outro fator interessante é que Vlad não se deixou abalar por ter que cuidar sozinho de sua mãe. O garoto também era atleta e tinha grandes progressos em levantamento de peso. Vlad conheceu sua namorada, Nastya, na escola onde se apaixonaram e logo viraram um casal. E passado um tempo, a menina e sua mãe começaram a ajudar Vlad a cuidar de sua mãe.

Vlad mantém o otimismo e pensa que as coisas ficarão bem cada vez mais com sua mãe.