Fatos Nerd

Logan – Conheça as cenas que ficaram fora do filme

0

Depois que um filme é completamente filmado, ele segue para o período de pós produção. Esta é uma fase extremamente importante, principalmente quando diz respeito a montagem do longa. É nesse momento que cenas e sequências são retiradas, relocadas ou acrescentadas. Sem um montador competente, ótimas filmagens podem ficar completamente sem sentido e tomadas confusas podem se transformar em algo belo.

Talvez esse seja o tipo de corte do qual as pessoas mais estão acostumadas, no entanto, há outro também muito importante: o de roteiro. Muito antes da produção começar qualquer gravação, o roteiro precisa existir e seu desenvolvimento também está sujeito a perdas. Logan foi escrito a seis mãos e não fugiu às regras. Muitas cenas originalmente pensadas para o filme, foram retiradas na versão final do script. Abaixo você confere alguma dessas alterações.

Jantar na fazenda

Logan, Xavier e Laura são mostrados como uma família no filme e nenhuma cena deixa isso tão claro quanto a do jantar na fazenda. Sem dúvidas, é um dos momentos mais sensíveis e humanos do longa. No entanto, foram feitas duas cenas para essa parte, que provavelmente deve estar inclusa em Blu-ray. Em entrevista ao site Collider, o diretor James Mangold revela que criou outra direção para os atores naquela sequência, mas que o resultado final acabou sendo redundante, pois o elenco conseguiu criar um clima milagroso no ambiente.

O flashback do evento em Westchester, Nova York

Talvez o corte que mais tenha feito falta no longa metragem. O maior mistério em torno de Logan foi o evento de Westchester, em Nova York, mas no filme, eles apenas mencionam breve e superficialmente o que houve. Em decorrência do que é mostrado na projeção, podemos deduzir que envolvia a perda de controle do Professor Xavier e também graças a uma transmissão de rádio. Pelo jeito, suas habilidades saíram do controle e ele matou centenas de pessoas, incluindo mutantes. No entanto, nada disso é explicado de fato.

No rascunho original do roteiro, realmente existia toda uma sequência sobre o tal flashback, porém, o roteirista Michael Green disse que valeria mais se não mostrassem nada. Em uma entrevista ao site The Hollywood Reporter, ele contou que, por experiência, o melhor é não mostrar.

Mais viagens estrada afora

James Mangold descreveu Logan sendo uma “Pequena Miss Sunshine” extremamente sangrento. O diretor confessou que o esboço original levava a road trip um pouco longe demais. Logan é um filme de super-herói com um ritmo lento, mas inicialmente teve ainda mais momentos baseados em personagens road trip.

Brincadeiras e o fator da fala

No filme, tanto Logan quando o espectador passa a maior parte do tempo sem ouvir a voz de Laura (Dafne Keen), até um momento que ela finalmente revela a todos que pode falar. Contudo, nas primeiras versões do roteiro, a personagem falava bem mais cedo, o que desencadeou rápido demais o alívio cômico. Então, Scott Frank, um dos roteiristas, sugeriu que adiassem essa revelação e que fizessem da personagem uma mistura de americana com hispânica. O atraso também serviu para Laura e Logan terem mais tempo para se conectar.

Sem versão estendida

Fugindo a muitos padrões, James Mangold afirma que a versão que o público viu no cinema é a final, não existe nenhum corte do diretor à deriva. Claro que no Blu-ray terá umas cenas extras aqui e ali, mas nenhum corte significativo foi realizado.

O que acharam? Quais das cenas citadas seria interessante de ver no filme? Do que mais sentiram falta? Não deixe de comentar suas impressões.

6 sociedades modernas que são controladas por mulheres

Matéria anterior

5 remakes de filme de terror que são uma vergonha perto do original

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Mais em Fatos Nerd

Você também pode gostar