Mãe tenta proteger o filho de desabamento em Pipa e morre abraçada ao bebê
Tempo de leitura:2 Minutos, 39 Segundos

Mãe tenta proteger o filho de desabamento em Pipa e morre abraçada ao bebê

Nesta terça-feira (17/11), Stella Souza, tentou proteger o filho de um desabamento em Pipa. No entanto, ela acabou não resistindo a queda da falésia na praia e foi encontrada abraçada ao bebê de apenas sete meses, como afirmam testemunhas.

O bebê, Sol de Souza,  o marido de Stella, Hugo Mendes Pereira, de 32 anos, e Brisa, a cadela da família também morreram soterrados no local. Localizada em Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte, a praia de Pipa fica a 100 km de Natal e é um dos destinos turísticos mais procurados do estado. Além disso, o lugar também é conhecido por festivais culturais e gastronômicos.

O que aconteceu no momento do acidente?

De acordo com Igor Caetano, um empresário que testemunhou um acidente, a mãe abraçou o filho na tentativa de salvá-lo. Nesse momento Igor também tentou ajudar as vítimas, mas eles acabaram não resistindo. “Ainda deu tempo de a mãe tentar segurar a criança, por isso que os adultos estavam mais machucado”, afirma Igor. Isso porque, a mãe estava abraçada com o bebê. “A gente cavou até encontrar o pai, e depois encontramos a mãe e a criança. O menino ainda estava respirando. Por coincidência, uma médica estava passando aqui na hora. Ela tentou reanimar a criança, mas não teve mais jeito”, completa.

No momento do acidente, o casal, o bebê e a cadela estavam sentados próximo da falésia. Assim, quando a equipe de resgate chegou, a família já se encontrava sem vida, com conta João Marinho, primo de Stella. “Eu sou nascido e criado aqui e sempre aconteceu isso, mas cada vez mais o mar está destruindo a falésia. A gente vê os turistas aproveitando a sombra das falésias e pede pra eles saírem porque a gente sabe do risco”, afirma Marinho, que trabalha como pescador.

Pelo que sabemos, o desabamento em Pipa aconteceu porque, conforme as marés enchem e se colidem com a falésia, sua base se desgasta. Com isso, a parte de cima acaba ficando vulnerável e suscetível a desabamentos.

O risco de desabamento é alto na região

Segundo a prefeitura de Tibau do Sul, o risco de desabamento é alto. Dessa forma, o local é sempre cercado por placas de alerta, mas, elas acabam sendo levadas pela maré cheia. De toda forma, o local também possui fiscais que atuam na vigilância da região. De acordo com Fábio Pinheiro, secretário de Comunicação do município, o casal chegou a ser alertado por um dos fiscais da prefeitura. No entanto, a fatalidade aconteceu antes que eles pudessem deixar o local.

Em 2017, Hugo deu uma entrevista à Record TV sobre o motivo que o levou até Pipa. Na época, ele deixado o emprego fixo de gerente de hotéis para viajar pelo mundo afora. “Muitas pessoas seguem uma carreira que o sistema normalmente nos impõe que é o normal, que é estudar, trabalhar, formar família, para um dia ser feliz, para um dia descansar. Eu quero ser feliz todos os dias. Não quero chegar a lugar nenhum, eu já cheguei”, contou Hugo. Depois disso, em meio a tantas viagens, ele finalmente se estabeleceu em Pipa, onde se casou com Stella, com que teve um filho.