Curiosidades

Menino de 10 anos é considerado o bilionário mais novo do mundo

0

Quem olha a coleção de carros de luxo, mansão em Dubai e jato particular, pode imaginar que esses objetos são de magnatas como Elon Musk ou Jeff Bezos, os dois homens mais ricos do mundo, ou grandes nomes do esporte. Mas na verdade são de um menino de apenas dez anos, considerado o bilionário mais jovem do mundo.

Muhammed Awal Mustapha, conhecido como Mompha Junior, recebeu o título de bilionário mais jovem do mundo após o seu pai lhe dar de presente uma mansão, aos seis anos de idade. Além disso, a criança tem uma coleção de carros de fazer inveja nos adultos fãs de automóveis de marcas de luxo.

Ao completar 10 anos, no final de abril, o menino ganhou de presente do pai multimilionário uma Lamborghini Aventador. O veículo é avaliado em £ 400 mil, aproximadamente R$ 2,5 milhões em conversão direta. 

Além do Lamborghini Aventador, o jovem bilionário teria outros três carros de luxo valendo cada um mais de R$ 1 milhão. “Seu sorriso é a razão da nossa constante felicidade. Nós te amamos. Feliz aniversário, filho”, escreveu o pai na foto do garoto com o carro.

Quem é o pai do bilionário mais jovem do mundo

Foto: Reprodução

O bilionário mais novo do mundo é filho do empresário Ismailia Mustapha, o Mompha Senior. O magnata é presidente de uma empresa do setor financeiro em Lagos, capital da Nigéria. Ismailia teria conquistado sua fortuna com uma casa de câmbio antes de mudar seu capital para o setor de investimentos.

Com mais de 1 milhão de seguidores no Instagram, Mustapha pai ostenta sua vida de luxo na Nigéria e Dubai e os mimos que dá para o seu filho. Ismailia ainda faz sucesso com os conteúdos com mensagens motivacionais.

O jovem bilionário também tem o seu próprio perfil na rede social, pelo qual publica fotos com os seus carros de luxo, apesar de não conseguir dirigi-los ainda.

Primeira mansão aos 6 anos

Foto: Reprodução

Os presentes de aniversário da maioria das crianças são brinquedos ou peças de roupa. Mas Mompha Junior ganhou do pai nada menos que sua primeira mansão aos seis anos. 

“Isso garante que, depois de todos os altos e baixos, você tem um lugar para ir…. Um lugar que nunca vai te julgar e te convidar sempre de braços abertos… Parabéns Meu Filho pelo seu Novo Lar. Seu presente de aniversário do papai”, escreveu Ismailia em suas redes sociais na época.

O CEO também deu para o menino o seu primeiro carro (um Bentley prata) quando ele tinha apenas 6 anos.

Magnata indiano foi quem mais ganhou dinheiro no mundo em 2022

Foto: Reprodução

Ainda falando em bilionários, o indiano Gautam Adani foi a pessoa que mais ganhou dinheiro em 2022 até agora. Desde o início do ano, sua fortuna cresceu US$ 31 bilhões, de acordo com o Índice de Bilionários da Bloomberg.

Conforme o ranking, Adani tem hoje um patrimônio de US$ 108 bilhões, e é a 6ª pessoa mais rica do mundo.

Adeni trabalha nos setores de infraestrutura, commodities, energia e construção civil na Índia. O empresário controla o porto Mundra, o maior do país, localizado na região de Gujarat, e também é dono de uma mina de carvão na Austrália.

Em 2020, o bilionário adquiriu o controle do Aeroporto Internacional de Mumbai, o segundo maior da Índia, tornando-se o maior operador de aeroportos do país.

Atualmente, o foco do bilionário é a produção de energia sustentável. Ele informou que investirá US$ 70 bilhões em projetos de energia renovável.

Adeni multiplicou a sua fortuna durante a pandemia. O poder aquisitivo do magnata foi de US$ 8,9 bilhões em 2020 para os atuais US$ 108 bilhões. O aumento no patrimônio foi por causa da estratégia agressiva do empresário, que foi às compras no período de pandemia. Além da participação de 74% no aeroporto de Mumbai, o magnata adquiriu a unidade de energia renovável do Softbank na Índia.

Neste ano, o bilionário fechou acordo para adquirir a empresa de serviços marítimos Ocean Sparkle, por US$ 220 milhões.

Fonte: Exame

Veterinária de SP tatua bombom Caribe no braço e história viraliza

Matéria anterior

Agricultor realiza sonho e se forma na universidade aos 74 anos

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos