Curiosidades

Michel Lotito: o homem que devorou um avião inteiro

michel
0

Michel Lotito, também conhecido pelo apelido Monsieur Mangetout , foi um cidadão francês conhecido por sua incrível capacidade de comer qualquer coisa. Por dia, ele comia cerca de dois quilos de borracha, metal e vidro. E, até o fim da vida, devorou até um avião inteiro.

michel

Ripleys

O apelido de Monsieur Mangetout não foi atribuído a ele por acaso: em francês, a expressão quer dizer “Senhor Come-tudo”. Nascido em 1950 na cidade de Grenoble, na França, Michel Lotito descobriu a habilidade de comer coisas incomuns quando tinha nove anos de idade. Segundo relatos registrados na época, ele estava bebendo alguma coisa quando seu copo quebrou e ele conseguiu comer os pedaços.

Não dá para saber muito bem como ele teve a ideia de comer os cacos de vidro do copo quebrado. No entanto, essa prática surpreendeu a família do garoto, que o levou ao médico para saber se estava tudo bem. A surpresa foi ainda maior quando os médicos informaram, após a realização de uma série de exames, que estava tudo perfeitamente normal com a criança, mesmo após a ingestão de cacos de vidro. Em 1966, aos 16 anos, Michel começou a se apresentar em público.

Youtube

O “preparo” das refeições

Além do laudo médico de que não havia nada fora do normal com a saúde do Monsieur Mangetout, foi concluído que o sistema digestivo do rapaz era “incrivelmente resistente”, o que indicava que ele podia ingerir as mais diversas substâncias. Seu intestino era bastante espesso (quase o dobro da espessura do mesmo órgão de uma pessoa comum) e um estômago quase indestrutível. A única recomendação era que ele diminuísse todos os objetos em pedaços bem pequenos para que não cortassem sua garganta.

Ripleys

Outro “truque” utilizado por Michel, para não machucar a garganta, era a ingestão de óleo mineral para lubrificá-la antes que os objetos como vidro e metal virassem a refeição do dia. Acompanhado de muita água para ajudar os “alimentos” a descerem, era comum que ele comesse entre um e dois quilos desses materiais todos os dias. Mas o feito mais marcante de toda a sua vida foi ter comido um avião inteiro.

O avião

Michel comeu, em apenas dois anos, um avião inteiro. O modelo devorado por ele era um Cessna 150, uma aeronave com motor de combustão interna, originalmente projetado para treino de voo, turismo e uso pessoal. Ele começou a comer o transporte em 1978 e, em 1980, já tinha completado a façanha. Vale destacar que ele comeu absolutamente todas as partes da aeronave.

Youtube

Embora seja a mais surpreendente, essa não foi a única refeição de Michel que chamou atenção. Ao longo de sua vida, Monsieur Mangetout comeu 18 bicicletas, 7 TVs, 2 camas, 1 corrente de aço de 400 metros, 15 carrinhos de supermercado, 1 computador, 1 caixão (com alças e tudo), 1 par de esquis e 6 lustres. Sem dúvidas, o estômago do homem era bastante resistente.

Aversão às bananas

Estranhamente, Michel tinha problemas para comer bananas. Comer metais e vidros não causava mal-estar algum a ele, mas uma fruta comum na alimentação de diversas pessoas deixava seu estômago bastante irritado. Os registros da época não deixaram claro o motivo pelo qual as bananas não faziam bem a ele, embora seja um fato bastante curioso.

michel

Ripleys

Por outro lado, estima-se que durante a vida ele tenha engolido 9 toneladas de metal. Lotito faleceu de causas naturais em 2007, aos 57 anos. Embora o homem pudesse digerir os mais diversos tipos de substância, é possível que, a longo prazo, elas não tenham feito tão bem para sua saúde.

Fonte: R7

Nimesulida é proibida em vários países por efeito perigoso que causa

Matéria anterior

As mensagens de uma mãe a um filho morto que causaram comoção

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos