CuriosidadesMundo Animal

Murmúrio de bebês morcegos e bebês humanos são surpreendentemente parecidos

0

Quando um bebê chega em uma família os pais geralmente ficam muito empolgados. E conforme o bebê vai se desenvolvendo, ele começa a balbuciar coisas como “mama”, “dada”, “baba”. O balbuciar é o primeiro passo para aprender falar. E todos os bebês com um desenvolvimento típico balbuciam, independente do idioma que ele for falar futuramente.

Para a fala, a produção oral de linguagem, é preciso um controle dos lábios, da língua e da mandíbula para que assim seja possível produzir uma das subunidades da fala. Que é a sílaba. Como por exemplo, “ma”, “da”, “ba”.

E o balbucio se caracteriza por coisas universais. Por exemplo, a repetição das sílabas e o uso do ritmo. É ele que dá à criança a possibilidade de praticar e aprender, de forma divertida, como controlar o seu aparelho vocal para que ela consiga produzir as sílabas que quer de maneira correta.

Balbucio

Morcego1 1100x619, Fatos Desconhecidos

A linguagem é o que define a natureza humana mais do que qualquer outra coisa. Contudo, suas origens evolutivas são um tópico de curiosidade para os cientistas há décadas. Por isso que, investigar os fundamentos biológicos da linguagem entre as espécies, como nos morcegos, é uma forma bem promissora de se conseguir insights a respeito das principais características da linguagem humana.

A bióloga comportamental Ahana Aurora Fernandez passou vários meses sentada em frente a colônias de morcegos no Panamá e na Costa Rica para registrar as vocalizações desses animais.

Com isso, ela e sua equipe encontraram algumas semelhanças notáveis entre o balbucio feito pelos filhotes de morcego e os bebês humanos. Fazer essa identificação com um outro mamífero que compartilha uma estrutura cerebral parecida com a dos humanos e também consegue imitar a voz pode ajudar os pesquisadores a entender os fundamentos cognitivos e neuromoleculares do aprendizado vocal.

Aprendizagem vocal

Os cientistas aprenderam muito a respeito da imitação e desenvolvimento vocal estudando pássaros canoros. Eles estão entre os aprendizados de canto mais conhecidos. Esse processo de aprendizagem dos pássaros jovens machos mostra paralelos bem interessantes com o desenvolvimento da fala humana. E esses pássaros também praticam suas notas durante uma fase que lembra o balbucio dos bebês humanos.

E na selva tropical da América Central existe um mamífero que tem um comportamento de prática vocal bem evidente, e que lembra bastante o balbucio de bebês humanos. Ele é o morcego com asas de sacola neotropical, Saccopteryx bilineata.

Esse morcego que interessou a Fernandez e sua equipe. Ele tem a habilidade de aprender um som que até então é desconhecido a partir do zero. Para isso, é preciso uma entrada acústica, assim como os pais humanos conversando com seus filhos. Que no caso do morcego são os machos adultos que cantam.

Semelhanças

Morcego3 720x405, Fatos Desconhecidos

Mas até que ponto o balbucio dos morcegos é parecido ao balbucio de bebês humanos? Para responder isso, Fernandez monitorou o desenvolvimento vocal dos filhotes selvagens em oito colônias. Acompanhando 20 filhotes desde o nascimento até o desmame.

“Começando por volta de 2,5 semanas de idade e continuando até o desmame por volta das 10 semanas de idade, os filhotes balbuciam entre o nascer e o pôr do sol no poleiro diurno. É muito alto, audível até mesmo para o ouvido humano porque algumas sílabas balbuciadas estão dentro do nosso alcance de audição”, disse Fernandez.

Os cientistas já sabem há algum tempo que os filhotes aprendem cantar imitando vocalmente os seus tutores adultos. Mas esse novo estudo deu a primeira análise formal que o balbucio realmente compartilha várias características que caracterizam o balbucio em bebês humanos. Ele tem a duplicação de sílabas, o uso de ritmo e um começo precoce da fase de balbucio no desenvolvimento.

E da mesma forma que os bebês humanos fazem sons que são reconhecíveis, como as chamadas silabas canônicas adultas, o balbucio dos filhotes de morcego é feito de precursores de silabas que fazem parte do seu repertório adulto.

Além disso, da mesma forma que o balbucio humano que produz sons lúdicos quando o bebê está explorando sua voz, o dos morcegos também incluem os chamados protossílabos que são feitos apenas pelos filhotes. E o balbucio dos filhotes é universal. Cada um, independente do sexo e da origem, balbuciava em seu desenvolvimento.

Sistema nunca visto antes para queimar gordura profunda foi visto em ratos

Matéria anterior

7 celebridades que sofreram derrame com risco de vida

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos