Curiosidades

Mulher com doença terminal quer encontrar nova família para sua cadela

0

A ligação de uma pessoa com seu animal de estimação é inabalável e vemos isso até mesmo nas piores situações. Por mais que o dono, ou dona do animal esteja passando por uma situação difícil, o amor pelo seu pet parece ser uma de suas prioridades. É o que se vê no caso dessa mulher com sua cadela.

Valerie Alexander mora na Filadélfia e está com câncer em estágio terminal, só que sua única preocupação não é com sua saúde, mas sim em encontrar um novo tutor para sua cadela, uma pit bull chamada Rosie.

A relação da mulher com a cadela já dura cinco anos, mas Valerie não quer partir sem ter a certeza de que Rosie será bem amada e cuidada assim como ela o fez todos esses anos.

História

Amo meu pet

Por ser uma história tão interessante, a preocupação de Valerie chamou atenção do jornal Fox 29, da Filadélfia. De acordo com os médicos, a mulher tem uma expectativa de vida muito curta, de apenas algumas semanas.

“Eu quero ter certeza de que ela receba tanto amor depois que eu me for o quanto ela dá. Quero alguém que a ame”, contou Valerie ao jornal.

Embora a mulher tenha uma expectativa de vida curta, ela não pretende entregar sua cadela para qualquer pessoa que a queira. Para adotar Rosie é preciso ser aprovado em alguns pré-requisitos, como por exemplo, ter energia, paciência, muitas bolas de tênis e o mais importante, nenhum outro animal de estimação.

“Qualquer uma das duas coisas será boa para Rosie, ou alguém jovem e enérgico que precisa de um companheiro de corrida, ou alguém que tenha um grande quintal que permita que Rosie corra o dia todo. Ela é amorosa, leal. Ela morreria por mim em um piscar de olhos”, finalizou Valerie.

Novo lar

Amo meu pet

Com todos esses pré-requisitos estabelecidos, a mulher quer ter a certeza de que sua cadela receberá atenção suficiente para que ela se acostume com a mudança de vida e a uma nova rotina sem Valerie ao seu lado, como estava acostumada durante os últimos cinco anos.

Depois de veicularem a notícia de Valerie e Rosie, o jornal disponibilizou um e-mail para as pessoas que estivessem interessadas em adotar Rosie e deixar o coração de Valerie tranquilo sabendo que sua cadela estará com alguém que a ame e dê cuidado como ela lhe dava.

Sempre ao lado

Peakpx

Além de Valerie e Rosie, há vários outros relatos de lealdade e companheirismo de cachorros e cadelas com seus donos. Não é à toa que esse animal é considerado o melhor amigo do homem. No entanto, nem sempre as histórias dessa cumplicidade são felizes.

Por exemplo, temos uma história que aconteceu com a esposa de um homem que é de partir o coração de todos aqueles que têm um vínculo especial com seu animal de estimação. Um homem publicou na internet sua história e como ele levou, escondido, sua cadela Bella para o hospital para que ela pudesse se despedir da sua dona.

“Minha esposa foi hospitalizada depois de ter sido submetida a uma operação muito invasiva e, com o passar dos dias, parecia que os resultados não eram ideais. O diagnóstico não foi bom. Ele sabia falar, mas não comia, nem bebia nada, e dependia de sua linha intravenosa e de analgésicos. Em um raro momento de lucidez, ela me pediu para trazer nossa cadela para sua sala privada para a ver mais uma vez”, escreveu ele.

“Bella é uma pastora australiana que pesa 22 quilos e, como você pode imaginar, ela se encaixa perfeitamente em uma pequena bolsa. Eu coloquei, fechei a fechadura e sentei no carro a caminho do hospital. Quando chegamos, eu expliquei que abriria o fecho só um tempo para que ela pudesse ver sua mãe.

Entramos no quarto enquanto minha esposa dormia. Eu abri a bolsa, e Bella imediatamente pulou na cama, deitou no peito evitando tocar nos fios e na linha intravenosa. Eu a olhei diretamente nos olhos e ela ficou completamente imóvel até cerca de 20 minutos depois, quando minha esposa acordou e fez sons de dor.

Bella lambeu e fez alguns sons como se ela estivesse com medo de latir. Minha esposa a abraçou por quase uma hora, sorrindo. Uma das enfermeiras nos pegou, mas ela estava tão terna que prometeu não dizer nada. Quando minha esposa voltou a dormir, levei Bella para fora em sua bolsa.

Infelizmente minha esposa morreu alguns dias depois, e agora toda vez que eu pego qualquer bolsa Bella acredita que iremos vê-la novamente”, finalizou ele.

Fonte: Amo meu pet, Nova mais

Imagens: Amo meu pet, Peakpx

Melody ganha carro de R$ 1,5 milhão em aniversário de 15 anos

Matéria anterior

Militares dos EUA são orientados a não dizer nada depois de verem OVNI

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos