Entretenimento

Qual membro da família real é mais popular depois de Elizabeth II?

0

Os membros da Família Real Britânica esbanjam poder, elegância e um estilo de vida invejável por todos. No entanto, eles também estão sob os olhos julgadores do mundo todo e precisam tentar agradar a todos. Justamente por isso, o instituto Ipsos-Mori divulga anualmente a opinião pública dos britânicos sobre os membros da família real. Obviamente, Elizabeth II continua sendo a mais popular entre eles.

Embora a rainha ocupe o primeiro lugar, quem será o membro real mais popular depois dela? Segundo a pesquisa, o segundo membro real mais popular é a Duquesa de Cambridge, Kate Middleton.

Segundo a pesquisa, Elizabeth II é admirada por 45% da população, e Kate tem 34% da admiração dos britânicos. Surpreendentemente, a popularidade de Kate é maior do que a do seu marido, o príncipe William. A porcentagem de popularidade dele é de 31% entre os britânicos.

Popularidade

Metro world news

O futuro rei, príncipe Charles, teve 14% de popularidade entre seus futuros súditos. Assim, nem tudo são flores para os membros da realeza. Alguns deles, por exemplo, viram sua popularidade cair.

Um exemplo disso é o príncipe Andrew, que está envolvido em um processo pelo qual foi acusado de abuso sexual. Na pesquisa do instituto Ipsos-Mori, ele apareceu com 2% de aprovação. Contudo, a realidade pode ser ainda pior, visto que a pesquisa foi feita antes do acordo para colocar fim à ação judicial.

Com relação aos ex-membros reais, príncipe Harry e Meghan Markle, a admiração e a popularidade dos dois caíram nos últimos anos, praticamente caiu pela metade desde 2021. O príncipe está com uma porcentagem de 21%, enquanto Meghan tem uma aprovação de 8%, porcentagem essa que está perto da de Camilla, esposa de Charles, que tem 9% de aprovação.

Esses números foram conseguidos a partir da pesquisa feita com 2.057 britânicos entre 16 e 75 anos em fevereiro deste ano. Além de mostrar que Elizabeth II segue como o membro real preferido dos britânicos, a pesquisa também revelou que um a cada cinco da população do Reino Unido prefere não contar com um rei ou rainha como chefe de Estado, sendo favorável ao fim da monarquia.

Elizabeth II

Istoé

Dentre as figuras mais amadas da realeza britânica está, é claro, a Rainha Elizabeth II. Vossa Majestade impressiona não apenas os próprios britânicos, como também todo o mundo por sua vivacidade e juventude mesmo na terceira idade. Um ótimo exemplo aconteceu em 2016, quando a monarca bateu o recorde, que antes pertencia à sua tataravó Vitória, de maior duração enquanto monarca no trono britânico, estando na posição por mais tempo.

Como ela tornou-se rainha em 1952, até agora, ela reinou por 70 anos. Isso é muito mais do que qualquer outra pessoa da família real em toda a história. A história de Elizabeth II começou no dia 21 de abril de 1926, quando ela nasceu e se tornou a terceira na linha de sucessão ao trono.

No entanto, em dezembro de 1936, o rei Edward 7º, tio da pequena Elizabeth, abdicou do trono para se casar com Wallis Simpson, uma mulher americana divorciada.

Quando isso aconteceu, o pai de Elizabeth, o príncipe Albert, assumiu o título de rei George 6º, e ela virou sua herdeira imediata, ou seja, a primeira da linha de sucessão.

Depois de um tempo, no dia 6 de fevereiro de 1952, o rei George faleceu, e Elizabeth, com 25 anos, assumiu o trono. Desde então, reina com maestria e segue sendo amada e admirada não apenas pelos seus súditos, mas também por inúmeras pessoas ao redor do mundo.

Na comemoração de 70 anos no trono, ela revelou que não tem intenção de deixar seus deveres reais e até falou de um novo cachorro que agora é parte de sua rotina, mas que está pensando além de seu reinado.

Fonte: Aventuras na história

Imagens: Metro world news, Istoé

Raças estranhas de cachorros que desapareceram

Previous article

Conheça o apartamento de Jade Picon

Next article

Comments

Comments are closed.