Notícias

Noivos dublês colocam fogo na própria roupa no final do casamento

0

Existem pessoas que acham que um casamento é um momento de muita emoção. Porém, também existem aquelas que acham que tudo é chato ao ponto de evitar ir a esses eventos que celebram o amor. Nesse caso, um casal dos Estados Unidos provou que a emoção pode ser levada a um novo patamar.

O casal de dublês profissionais, Ambyr Bambyr e Gabe Jessop, que se casaram, deixou seus convidados após a cerimônia em um rastro de fogo em Utah, nos Estados Unidos. A finalização da cerimônia romântica aconteceu no estilo Jogos Vorazes, porque os noivos saíram do altar “em chamas”, assim como Katniss na trilogia de Suzanne Collins.

Eles decidiram que jogar flores ou receber chuvas de arroz não era muito o estilo deles, então inovaram bastante na cerimônia e fizeram uma exibição pirotécnica que deixou os convidados boquiabertos. Assim, em um vídeo do casamento, o convidado Russ Powell brinca “Ambyr e Gabe se conheceram no set. A saída do casamento faz com que as varetas de faíscas pareçam chatas.”

Vale ressaltar que tudo envolveu planejamento extenso. Os profissionais foram treinados e equipados com as devidas medidas de segurança para realizar a exibição. Sendo assim, Ambyr e Gabe vestiram roupas à prova de fogo e também utilizaram gel antiqueimadura antes de entrar em campo com as costas em chamas.

Já tomados pelo fogo, eles correm até os ajudantes estrategicamente posicionados e se ajoelham para permitir que apaguem as brasas com o extintores preparados.

“Nossa despedida do casamento foi realizada com uma equipe de profissionais e não deve ser tentada sem treinamento e equipamentos adequados”, escreveu Ambyr em seu post.

Vídeo de casamento viraliza

@djrusspowell

Ambyr & Gabe met on set. Their wedding exit makes sparklers look boring 🔥

♬ He’s a Pirate & Jack Sparrow (From “Pirates of the Caribbean”) – David Solís

Como é de se esperar, o vídeo fez sucesso nas redes sociais. Além de pedirem mais fotos da cerimônia, internautas compararam os noivos com personagens de filmes de Hollywood.

“Ok, Katniss Everdeen e Peeta”, comentou um. Outro escreveu: “Isso foi incrível. É um casal quente.” Um terceiro escreveu: “Eles foram batizados com o extintor de incêndio ali no final”.

Alguns usuários ficaram surpresos ao ver que os cabelos e a pele de Ambyr e Gabe escaparam da fúria das chamas. Então, Powell explicou: “Ambos tinham gel antiqueimadura no cabelo e no rosto, então Ambyr tinha uma peruca por cima”.

Casamentos insanos

casamento com macbook

Reprodução

No mesmo estado que ocorreu o casamento pirotécnico, Chris Sevier moveu uma apelação bizarra. Ele pediu à corte norte-americana para se casar com o seu Macbook. Dessa forma, em primeira instância, o tribunal negou o pedido do homem, que declara que o laptop é seu objeto sexual preferido.

Segundo ele, seu computador, cheio de pornografia, substitui uma parceira. O caso surgiu como um protesto contra a legalização do casamento homoafetivo nos Estados Unidos.

Homem é expulso de Capitólio de Oklahoma

No início de 2021, autoridades retiraram um homem do Capitólio de Oklahoma após agredir um representante estatal, Logan Phillips. Uma vez se posicionando a favor de uma lei que iria exigir a confirmação de ser maior de idade assim como o pagamento de uma taxa para acessar certas plataformas de conteúdo adulto, Sevier decidiu visitar o representante.

“Ele se recusou a dar seu nome ao gerente do meu escritório”, disse Phillips. “Ele entrou, sentou-se, apresentou-se e ainda não me disse o seu nome.” Em seguida, Sevier defendeu o projeto de lei.

“Eu educadamente disse a ele que não estava interessado. Que eu apreciei, mas não apoiaria”, disse Phillips. “Ele então pulou, começou a me dizer como eu era um pedófilo e como sou horrível em termos inequívocos e que não há mais nada que ele precise estar no meu escritório. Eu disse: ‘Eu entendo, você está livre para ir.’”

“Eu fiz sinal para ele se sentir livre para sair, e ele se virou e pulou no meu rosto e começou a gritar e apontar o dedo para mim”, disse Phillips. “Então eu disse a ele para sair do meu escritório naquele momento”.

“Quando saímos no corredor, ele começou a gritar coisas pelo corredor sobre me processar no tribunal federal. (…) Então tivemos que chamar a polícia rodoviária e escoltá-lo para fora do prédio.”

Fonte: R7

Restaurantes reduzem quantidade de comida para não aumentar os preços dos pratos

Matéria anterior

Nestlé permite que seus funcionários levem os pets ao trabalho

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos