Curiosidades

Nós vivemos em um multiverso?

0

Você já parou para pensar se o universo em que vivemos é realmente o único existente? Na verdade, o nosso universo pode ser apenas um de um número infinito de universos que compõem um multiverso. Até onde se sabe, existe uma única bolha em expansão do espaço-tempo salpicada com trilhões de galáxias, e isso é o nosso universo. E se realmente existirem outros ainda não há evidências da sua existência.

Contudo, as teorias da cosmologia, da física quântica e da própria filosofia da ciência tem alguns problemas que poderiam ser resolvidos se essa bolha considerada como o “tudo” não fosse realmente o tudo. Isso não quer dizer que outros universos existem, mas e se eles existirem?

Universo

Teorizar o que é o universo pode parecer uma coisa simples de se fazer, mas diferentes áreas da ciência irão ter abordagens um pouco diferentes sobre o que é o universo.

Os cosmologistas descrevem que ele pode ser a massa total das coisas que tem se expandido de forma lenta de um volume altamente concentrado nos últimos 13,77 bilhões de anos. E que ele fica cada vez mais desordenado com a idade.

Além disso, o universo se estende por 93 bilhões de anos-luz de ponta a ponta. Pelo menos, se baseado nas coisas visíveis que são possíveis ser detectadas de alguma maneira. E para além desse limite existem coisas que nós não conseguimos ver, que é uma extensão infinita de nada ou, em um cenário improvável de que o universo se curva sobre si mesmo, uma viagem de ida e volta para seu começo.

Já na física quântica, o universo pode se referir a todos os campos e suas partículas e suas influências combinadas umas sobre as outras. Como uma regra geral, um universo é um sistema fechado. Isso quer dizer que ele não pode ganhar, de repente, uma quantidade significativa de energia.

E falando de forma filosófica, o universo pode ser um conjunto discreto de leis fundamentais que governam o comportamento de tudo aquilo que se observa. Então, o universo seria definido pelas suas próprias regras que definem sua velocidade única para a luz, falam para suas partículas como empurrar ou puxar ou então como se expandir.

Multiverso

O multiverso é um termo usado para descrever um conjunto hipotético de universos que são possíveis, incluindo o que vivemos. Essa totalidade de universos corresponde também à totalidade do espaço, tempo, matéria, energia e leis constantes da física. Nós somos acostumados a ver esse conceito de multiverso em vários enredos de ficção científica, mas essa ideia também é uma extrapolação de algumas teorias científicas.

Assim como as variações de teorias sobre o que é universo, existem também variações a respeito do que configuraria um multiverso. Justamente por conta da própria definição de universo depender de algum tipo de física que mantém os fatores de influência separados é difícil imaginar formas de se observar a existência de um irmão para o universo

E qualquer experimento que fosse feito para tentar encontrar algum teria que ter uma espécie de cerca com alguns buracos que permitiriam que partículas ou energia vazassem, tanto para dentro como para fora.

Até o momento ainda não existe um bom motivo para se pensar que nós somos únicos. Isso porque, os cientistas ainda estão aprendendo como o nosso próprio universo funciona. E as lacunas existentes na física podem ser preenchidas sem a necessidade de se imaginar uma realidade diferente da nossa.

Esse foi o filme mais caro da Netflix

Matéria anterior

Primeiro caso de um paciente com duas variantes de COVID-19 é relatado

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Você também pode gostar