Curiosidades

O que é pirâmide financeira? Indique esse post a 10 pessoas e descubra!

0

Viu um aviso falando de um investimento com retorno fora da realidade do mercado? Desconfie, pois você não é o rapper Drake para poder perder 230 mil reais em uma aposta, e pode se tratar de uma pirâmide financeira, esquema antigo que ainda faz vítimas até hoje.

Nesse sentido, o modo de operação do golpe funciona de forma parecida com o título desse post: indique para alguém e ganhe uma vantagem. No entanto, quem está no topo dessa pirâmide sabe muito bem o futuro desse processo de adesão coletiva. Mas calma, não vai acontecer nada com você se indicar esse post para 10 pessoas. Prometo! Palavras de redator!

Fonte: Deposit Photos

Retorno rápido, prejuízo eterno

Basicamente, esse esquema possui uma grande variedade de níveis de envolvimento. Ou seja, tem o primeiro nível (o malandro), o segundo nível (os primeiros ludibriados), o terceiro (os ludibriados pelos ludibriados) e por aí vai…

Com esse desenho em mente, a pessoa do topo da pirâmide começa o recrutamento inicial. Sendo assim, ela convida 20 sujeitos para investirem 10 mil reais em um produto (por exemplo), que para fins de explicação nessa postagem, pode ser uma caneta.

Dessa forma, os 20 indivíduos fazem o investimento no lançamento dessa caneta. Diante delas, a pessoa do topo da pirâmide têm o compromisso mensal de entregar um encantador retorno da aplicação. No exemplo acima, podemos colocar uma restituição de 10% ao mês, ou seja, a cada 30 dias, os 20 aplicadores do segundo nível vão ganhar mil reais sem fazer nada.

Além disso, o malandro apresenta uma forma desses investidores do segundo nível aumentarem os seus rendimentos: recrutando alguém para entrar na sociedade. Assim, pode ser que o golpista diga que para cada pessoa nova que fizer o investimento, quem a trouxe até o “negócio” vai ganhar 0,1% de aumento nos ganhos mensais.

Fonte: John Guccione

Feito isso, o pilantra parte para o próximo passo, o qual consiste em honrar com o que prometeu e pagar o referente às indicações. Ou seja, ele realmente vai pagar 12% de 10 mil reais investidos a quem trouxe 20 pessoas para a pirâmide.

Como resultado disso, o segundo nível da pirâmide se empolga e inicia um eficiente processo de recrutamento. Afinal, essas pessoas têm em mãos a prova de que o sistema de investimento é seguro, com retorno rápido e robusto. Daí em diante, o esquema começa a reunir valores exorbitantes com a adesão de sujeitos vindos de todos os cantos.

Quando a pirâmide desmorona?

Vai chegar um instante em que a entrada de pessoas diminui seu fluxo. Logo, deixam de existir os novos investimentos que bancam os retornos dos antigos. Dessa forma, fica impossível pagar as pessoas do segundo, terceiro ou quarto níveis, pois não é o lucro com as vendas de caneta que sustenta o esquema, e sim, a adesão de novos aplicadores.

E sabe quem é a única pessoa que vai continuar tendo acesso à grana em abundância? Isso mesmo, a pessoa que está no topo do sistema. Independente de quantas pessoas entraram na pirâmide, ela vai continuar tendo em mãos os 10 mil reais de cada vítima.

Fonte: Portal Dedução

Vale lembrar que todo o capital converge para ela, e cabe ao golpista apenas redistribuir uma parcela desse montante para as pessoas que aderiram ao “negócio”. Por isso, ele é o único sujeito que sempre vence.

Nesse sentido, é fundamental que todo indivíduo saiba de macetes para não se tornar vítima de um espertinho ou de um enganado pelo espertinho. A principal regra é saber identificar quando se trata de uma pirâmide. Para isso, basta observar certas características, entre as quais se incluem:

  • Pouca informação sobre a empresa que gerencia os investimentos;
  • Promessa de rendimentos fora da realidade do mercado;
  • Ausência de produto real à venda;
  • Excesso de voltar na descrição do negócio. Se está turvo demais, corra.

Fonte: App Renda Fixa.

Brasileiros percorrem 720 km nos EUA em homenagem a Jesse e seu cão

Matéria anterior

Como fazer um gato gostar de você

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos