Os 10 piores filmes de super-heróis da história

POR Fatos Desconhecidos (Acervo)    EM Curiosidades      21/04/15 às 20h23

Muitas histórias em quadrinhos sobre super-heróis populares acabam ganhando também o cinema. Nas telonas esses heróis fazem ainda mais sucesso, ou não.

Alguns filmes de super-heróis acabam decepcionando os fãs e se tornando verdadeiros fiascos cinematográficos. Apesar do alto valor investido nestes filmes e, muitas vezes, de eles serem sucesso de bilheterias, os críticos e também o público não perdoam.

1. O Quarteto Fantástico (2005)

1

Semanas em cartaz: 25

Custo de produção: US$ 100 milhões

Arrecadação mundial: US$ 330 milhões

Mesmo com o bom elenco e grandes efeitos especiais, a crítica considerou o filme foi tão fraco quanto o original, lançado em 1994, e também ele agradou pouco a maioria dos fãs.

2. Homem-Aranha 3 (2007)

2

Semanas em cartaz: 16

Custo de produção: US$ 259 milhões

Arrecadação mundial: US$ 890 milhões

A mistura de vilões e a  história considerada fraca fez com que o filme fosse considerado pela crítica como um fracasso cinematográfica. Além de um encerramento decepcionante para a trilogia de Sam Raimi.

3. Motoqueiro Fantasma (2007)

3

Semanas em cartaz: 11

Custo de produção: US$ 110 milhões

Arrecadação mundial: US$ 228 milhões

O filme foi considerado ruim, principalmente por causa do personagem fraco, que teria deixado a desejar. A direção do Motoqueiro Fantasma também foi bastante criticada.

4. Hulk (2003)

4

Semanas em cartaz: 15

Custo de produção: US$ 137 milhões

Arrecadação mundial: US$ 245 milhões

O filme dirigido por Ang Lee foi muito criticado por ser arrastado demais e também pela baixa qualidade dos efeitos especiais. Os fãs de HQ ficaram decepcionados com o filme.

O ator Eric Bana chegou a pedir desculpas durante uma entrevista porque o filme não alcançou as expectativas.

5. Aço (1997)

5

Semanas em cartaz: 2

Custo de produção: US$ 16 milhões

Arrecadação mundial: US$ 1,7 milhões

Mesmo tendo como protagonista um dos maiores astros do basquete, Shaquille O"Neal, o filme não recebeu uma crítica positiva. Além disso, o longa também fracassou em lucros.

Aço arrecadou apenas US$ 1.7 milhão, uma quantia pequena perto dos US$ 16 milhões investidos.

6. Lanterna Verde (2011)

Green Lantern

Semanas em cartaz: 15

Custo de produção: US$ 200 milhões

Arrecadação mundial: US$ 220 milhões

Algumas interpretações e principalmente o roteiro foram os maiores alvos das críticas negativas do filme. O protagonista também não foi muito bem aceito, dessa maneira o filme fracassou até nas bilheterias.

7. Demolidor (2003)

7

Semanas em cartaz: 22

Custo de produção: US$ 78 milhões

Arrecadação mundial: US$ 179 milhões

O filme rendeu o prêmio Framboesa de Ouro de pior ator para Ben Affleck. Além disso, a direção do filme, feita por Mark Steven Johnson, foi alvo de críticas negativas.

8. Elektra (2005)

8

Semanas em cartaz: 11

Custo de produção: US$ 43 milhões

Arrecadação mundial: US$ 56 milhões

O filme foi derivado de Demolidor, que já teve uma crítica negativa. Mas diferente do filme anterior, a sua principal crítica, foi em relação a descaracterização da personagem da HQ. As arrecadações do filme também foram ruins.

9. Batman e Robin (1997)

9

Semanas em cartaz: 14

Custo de produção: US$ 125 milhões

Arrecadação mundial: US$ 238 milhões

Considerado pelos críticos como um dos piores filmes de todos os tempos,o filme fez com que o diretor Joel Schumacher pedisse desculpas públicas.

10. Mulher-Gato (2004)

10

Semanas em cartaz: 13

Custo de produção: US$ 100 milhões

Arrecadação mundial: US$ 82 milhões

O filme foi indicado a sete prêmios do Framboesa de Ouro e "vencedor" de quatro deles, entre eles de pior filme e pior atriz. O longa rendeu um prejuízo de quase US$ 20 milhões à produtora.

Fatos Desconhecidos (Acervo)
Acervo, matérias feitas antes do ano de 2015.

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+