Curiosidades

Ouro alcança máxima histórica e prata registra nível mais elevado em 11 anos

0

O ouro é um metal com uma cor bastante característica, que lhe dá uma beleza única. Por conta disso, ao longo da história da humanidade ele foi cobiçado, seja por questões religiosas, esotéricas, pela beleza ou importância econômica. E o fato é que até os dias de hoje ele se mantém presente. E, recentemente, o ouro chegou a um valor histórico.

O valor histórico do ouro veio em meio ao rali impulsionado pelos cortes de juros do Federal Reserve (Fed). E, além dele, um outro metal que também chegou nos seus níveis mais altos desde o ano passado foi a prata. Essa alta aconteceu por conta da escassez do metal e por conta da demanda reforçada no mercado chinês.

Ouro: valor histórico

Para se ter uma ideia, na Comex, que é a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro que tinha uma entrega prevista para junho teve uma alta de 1,34%, fechando a US$ 2.417,40 a onça-troy.

Já a prata teve um aumento de 4,63%, fechando a US$ 31,26 a onça-troy. Na semana, o ouro teve alta de 1,79%. E a prata quase ultrapassou US$ 30 várias vezes nas últimas semanas. Além disso, a euforia vista nesse setor também é decorrente da  força vista no mercado de ouro e de cobre.

De acordo com o City Index, nessa semana, os dados que estavam mostrando uma desaceleração da atividade nos Estados Unidos ajudaram na força do ouro e da prata.

Segundo o TD Securities, os dados macroeconômicos têm sido os catalisadores do ouro, e na visão deles a tendência do valor do ouro continuar aumentando vai depender de novos dados que mostrem a desaceleração da inflação e da economia americana de forma mais clara.

Outro ponto dito por analistas é que a trégua no fortalecimento do dólar faz com que o ouro avance sem uma resistência muito grande. Na visão de  Mauriciano Cavalcante, diretor de ouro da Ourominas, o aumento da procura pelo metal pelos bancos centrais tem dado um suporte para que o ouro se sustente em níveis elevados.

Fonte: CNN

Imagens: Arab news

Cientistas buscam respostas sobre aranha de 308 milhões de anos

Artigo anterior

OMS lista 15 bactérias resistentes a antibióticos e que são ameaças globais

Próximo artigo