Fatos Nerd

7 personagens de Game of Thrones com os piores finais da série

0

Embora tenha chegado ao fim há algum tempo, Game of Thrones segue dando o que falar, mas não de uma forma muito boa. Acontece que, após passar bastante tempo sendo considerada uma das obras-primas do audiovisual, a série da HBO contou com uma reviravolta em sua temporada final e passou a ser usada como exemplo do que não fazer em uma narrativa. Aparentemente, sem os livros de George R. R. Martin como base, os roteiristas da produção foram incapazes de entregar um trabalho minimamente coerente e mesmo assim o estúdio optou por dar ao público uma conclusão insatisfatória para um dos maiores fenômenos da cultura pop.

Bom, já que relembrar é viver, resolvemos pontuar os personagens de Game of Thrones que mais sofreram nas mãos dos roteiristas e acabaram recebendo um encerramento de arco de péssima qualidade. Logo abaixo, você pode conferir nossa seleção.

7 – Missandei foi morta para impulsionar o questionável arco de Daenerys

Introduzida na terceira temporada de Game of Thrones, não demorou para que Missandei de Naath conquistasse o público. Inicialmente uma escrava em Astapor, a personagem de Nathalie Emmanuel teve sua vida completamente mudada por Daenerys Targaryen que viu nela uma aliada cheia de potencial e, mais importante ainda, alguém em quem poderia confiar. No entanto, a lealdade de Missandei se mostrou tão incorruptível que acabou custando sua vida. Após ser capturada pelas forças de Euron Greyjoy e Cersei Lannister, Missandei foi decapitada na frente de Daenerys. Apesar de ter sido emocionante vê-la proferindo “Dracarys” em seu momento final, é triste ver que todo arco de Missandei foi construído para impulsionar o declínio de Daenerys à loucura.

6 – Cersei definitivamente merecia um final mais épico em Game of Thrones

Falando em Cersei, desde o início ela foi uma personagem que todos amavam odiar. Isso aconteceu porque o arco da personagem de Lena Headey foi construído de uma forma muito empática, que acabou justificando o porquê dela tomar certas ações que considerávamos questionáveis. Todavia, isso não impediu que uma parcela significativa da audiência torcesse por sua morte e, apesar da mesma ter acontecido, foi algo totalmente decepcionante. Como uma mulher que explodiu metade de Porto Real e assumiu o Trono de Ferro através de astúcia e fúria, Cersei merecia mais do que passar grande parte da temporada final apenas bebendo vinho e morrer sendo soterrada ao lado do amante e irmão. No fim das contas, tudo o que queríamos era vê-la cair nas mãos de Arya Stark.

5 – Jamie teve seu arco de redenção completamente desperdiçado

Apesar de frequentemente subestimado, Jamie Lannister é um dos personagens mais complexos de Game of Thrones e sua jornada foi muito bem escrita, tirando o capítulo final. Em suma, todas as ações egoístas e negativas de Jamie giraram em torno de Cersei, então foi um grande alívio quando ele decidiu se afastar dela e ir lutar pelo bem maior, por Westeros. Chegamos a pensar que o veríamos engatar um relacionamento saudável com Brienne de Tarth – e ele até tentou – mas, no fim das contas, ele decidiu retornar para Porto Real e morrer junto com Cersei na Fortaleza Vermelha. Em suma, o arco e a redenção heroica de Jamie foram apagados por uma conclusão muito anticlimática.

4 – O declínio de Daenerys à loucura ficou incoerente com o roteiro de Game of Thrones

Embora seja impossível agradar todo mundo, os roteiristas de Game of Thrones conseguiram o grande feito de desagradar toda audiência da série ao apresentar um final incoerente, apressado e equivocado para Daenerys. Como uma das personagens mais adoradas da franquia, a Mãe dos Dragões definitivamente merecia mais. No entanto, a adaptação televisiva optou por torná-la uma genocida sem nenhum sintoma ou aviso prévio. Foi como se do nada Daenerys tivesse deixado de lado todos os seus ideias e resolvido queimar Porto Real inteira, eliminando diversas vidas inocentes pelas quais ela dizia lutar. O problema não foi o declínio da Targaryen à loucura, mas a falta de uma justificativa ou preparação para isso.

3 – O Rei da Noite morreu mas seguiu sendo um mistério

Apesar das constantes lutas entres os Setes Reinos, a real ameaça de Game of Thrones sempre foi um oferecimento do Rei da Noite. Juntamente com seu exército de Caminhantes Brancos, o antagonista de GOT prometia trazer consigo a Longa Noite. Todavia, mesmo tendo desempenhado muito bem sua função de vilão, o mítico Rei da Noite nasceu e morreu da mesma forma, sendo um completo mistério. Não é possível apreciar seu final se não conhecemos sua história. Então, no fim das contas, a morte do Rei da Noite acabou deixando uma grande ponta solta na narrativa.

2 – A manipulação de Margaery teve um final muito abrupto

Uma das principais qualidades de Game of Thrones é que a série apresenta diversas personagens brilhantes e coniventes, mas um grande destaque entre todos os nomes que poderíamos citar é Margaery Tyrell. Assim como sua avó, Margaery era uma grande estrategista e o super trunfo da Casa Tyrell. Por vezes a vimos sair de situações complicadas apenas sendo capaz de usar as palavras e comportamentos certos. Logo, descobrimos que ela era uma grande mestre da manipulação. Porém, apesar de toda essa genialidade, a personagem de Natalie Dormer acabou sendo explodida por uma das pessoas prejudicadas por seu jogo político, Cersei Lannister. Embora os efeitos especiais e a atuação dos envolvidos tenham sido impecáveis, esse não deixou de ser um final decpecionante para uma personagem incrível.

1 – Game of Thrones deu a Varys um final burro

Vários personagens de Game of Thrones são considerados grandes estrategistas e carregam o título de “inteligentes”. Bom, visto que o nome da série é literalmente Jogo dos Tronos, era de se esperar. No entanto, muito melhor do que as manipulações políticas evidentes, eram os jogos que aconteciam nos bastidores e, cá entre nós, ninguém fazia isso melhor que Varys. O personagem de Conleth Hill nos mostrou que um fofoca aqui e uma intriga ali podem fazer milagres e nos levar bem longe quando exploradas da forma correta. Logo, sempre tivemos a impressão de que Varys guardava um grande ás na manga. Infelizmente, nunca viemos a descobrir quais eram os reais planos do eunuco já que os roteiristas deram ao personagem mais inteligente da série um final extremamente burro e insatisfatório. Para alguém que sempre sabia o que estava acontecendo e se mantinha dois passos à frente de todos, Varys teve uma morte bem mixuruca.

Fonte: Looper
Imagens: HBO.

Nigeriano aparece em casamento com seis namoradas grávidas

Matéria anterior

Fátima Bernardes revela que está com câncer de útero

Próxima matéria

Mais em Fatos Nerd

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.