Pesquisadores acreditam que Plutão pode ser um planeta. Entenda

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      11/05/18 às 13h44

Até o ano de 2006, Plutão era considerado como o último planeta de nosso sistema solar. No entanto, foi neste mesmo ano que a União Astronômica Internacional (IAU) acabou mudando as regras de classificação para os planetas. Novos critérios foram adotados, a exemplo de ter um corpo esférico, girar em torno do sol, possuir órbita livre, dentre outros. Tal fator fez com que Plutão fosse "rebaixado" para um mero planeta anão.

A drástica mudança sempre foi muito controversa. Diversos astrofísicos vem lutando desde então, para que o corpo celeste recupere o título que acreditam ser seu por direito. Alan Stern, líder investigador na missão New Horizons, e David Grinspoon, astrobiólogo, divulgaram recentemente um artigo intitulado como "Make Pluto Great Again", que significa algo como "Torne Plutão ótimo novamente"... Ou pelo menos, um planeta de verdade novamente.

Os novos critérios

Para que fique mais claro o motivo de Plutão ter sido rebaixado, vamos esclarecer os novos critérios para que algo possa ser considerado como planeta. Deve primeiramente, estar em órbita ao redor do sol. Também precisa ter seus arredores limpos, ou seja... Uma vez que Plutão tem outros objetos parecidos com ele orbitando por perto, já não se enquadra mais na definição, segundo a IAU.

Enquanto isso, Grinspoon Stern apontam que o termo foi escrito de forma apressada, apresentando o que chamaram de "falhas óbvias". Até porque, se considerarmos ao pé da letra o que eles falam, a Terra também não poderia ser um planeta, já que nossa vizinhança está repleta de asteroides e objetos do tipo. Sem contar que a definição também não abrange os exoplanetas, que por sinal, orbitam em nosso Sistema Solar.

Segundo eles: "Usamos 'planeta' para descrever mundos com certas qualidades. Quando vemos um como Plutão, com suas muitas características familiares - montanhas de gelo, geleiras de nitrogênio, um céu azul com camadas de fumaça - nós e nossos colegas naturalmente nos encontramos usando a 'planeta' para descrevê-lo e compará-lo a outros que conhecemos e amamos".

Alan Stern chegou a afirmar que a IAU é composta por não especialistas. São pessoas que estudam galáxias e buracos negros. Ainda afirmou que outras organizações com  cientistas planetários eram mais apropriadas para desenhar os novos critérios. Querendo ou não, uma coisa é certa... O debate envolvendo Plutão ainda está longe de ter um fim.

E então pessoal, o que acharam? Será que Plutão realmente deveria voltar para a lista de planetas? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+