Entretenimento

Por que os cachorros têm rabo?

0

O rabo do cachorro, além de ser a continuação da coluna vertebral e de ajudar a manter o equilíbrio do bichinho, tem outras funções importantes, como a comunicação. Entender como funciona o rabo do seu animalzinho pode ajudar na convivência entre vocês e, claro, na saúde e bem-estar do pet. Mas, por que exatamente os cachorros possuem rabo e para que ele serve?

O rabo de cachorro é uma extensão da coluna vertebral, e, assim como a espinha dorsal, ele é composto por várias vértebras, que são separadas por discos vertebrais. A coluna vertebral começa na base do crânio e é responsável pela sustentação óssea dos seres.

rabo

Pixabay

Como o rabo é uma extensão de tudo isso, é ele que ajuda no amortecimento e na flexibilidade dos movimentos. Isso explica o cãozinho conseguir mexê-lo tão rápido e intensamente sem se machucar.

Dependendo da raça, o rabo pode ser de diferentes tamanhos, isso quer dizer que o número de vértebras também pode variar, sendo de 5 a 20, no geral. Essas vértebras, inclusive, tendem a ser maiores na base e vão diminuindo de tamanho conforme se aproximam da ponta do rabo de cachorro. A quantidade depende principalmente da raça e do tamanho do bichinho.

Quais as funcionalidades do rabo?

O rabo de um cachorro é utilizado para diversas funções. Uma delas, que tem a ver com a relação com outros cães, é a de espalhar ou esconder os feromônios, que estão presentes nas glândulas próximas ao ânus. Eles são substâncias que promovem reações específicas entre os indivíduos de uma mesma espécie, sendo que há tipos diversos de feromônios (sexuais, de agregação, de alarme etc). 

Esses feromônios, quando secretados, identificam as possíveis reações do cão e servem como meio de comunicação entre seus semelhantes. Por exemplo, se o cãozinho se sentir atraído por uma cadela e quiser atraí-la de volta, ele pode soltar um feromônio sexual que vai ajudar nessa aproximação. 

Pixabay

Outra função muito importante para o pet é a comunicação. O balanço do rabo estabelece um canal com outros cães e também com as pessoas. O modo como o seu cãozinho posiciona o rabo pode revelar alegria, medo, raiva, estado de alerta, excitação, frustração, agressividade, ansiedade, entre outros.

Rabo para cima

O rabo para cima e parado, aliado ao corpo com a musculatura tensa e olhar penetrante para algum lugar indica que o cão está atento a alguma coisa estranha que o ser humano não pode ver ou ouvir. Já se ele estiver para cima e balançando para o lado direito, significa alegria e felicidade. O rabo para cima e com um balanço irregular e lento indica que o bichinho está curioso.

Pixabay

Já se ele estiver para cima e com balanços laterais exagerados significa que o cão está querendo ser notado por seu dono. O rabo para cima e com balanços laterais curtos demonstra que ele pode estar tentando se impor frente a um oponente. Por último, se o rabo do cãozinho estiver para cima e se projetando para fora, além do animal estar com a cabeça levemente inclinada para baixo, indica que ele se sente ameaçado.

Rabo entre as pernas 

Se o rabo do cachorro estiver entre as pernas e se movendo com indecisão, indica insegurança. Já se estiver entre as pernas e parado, demonstra medo. Por sua vez, o rabo entre as pernas e a boca do cão aberta é um sinal que ele está se sentindo ameaçado por algo ainda incerto.

Warren Photographic

Rabo parado

Por último, o rabo parado e levantado (ou na horizontal) indica agressividade por parte do cachorro. Já se o rabo estiver reto, baixo e imóvel, indica extrema agressividade. É comum do reino animal que, antes de atacar, eles fiquem imóveis para não alertar a presa.

Esse é um momento que requer cuidado e atenção redobrada para que o animalzinho não machuque alguém ou que não parta para cima do tutor caso ele tente se aproximar. Já o rabo parado e apontado para baixo, junto à cabeça do cão baixa, é um indício de que ele provavelmente está com fome.

A importância dos cuidados com o pet

Conforme explicitado acima, o rabo de um cachorro cumpre diversos papéis e é essencial para que ele leve a vida de forma saudável, já que diversas funções sociais e fisiológicas estão atreladas ao uso dele. Para tanto, o rabo jamais deve ser cortado para fins estéticos, visto que o animal pode ser seriamente prejudicado.

Da mesma forma, é importante que se tenha cuidado com a saúde do bichinho e que consultas ao veterinário sejam realizadas sempre que houver desconfiança de algum problema com o animal. 

iPhone USB-C é leiloado por R$ 16 mil

Matéria anterior

Urano e Netuno não têm a mesma cor, como mostra um novo estudo

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos