Por que queremos apertar coisas que consideramos "fofinhas"?

POR Júlia Marreto    EM Mundo Animal      10/03/17 às 19h12

Pode ser uma almofada, um filhotinho, uma criança, qualquer coisa... provavelmente você já ouviu alguém dizer "é fofo que dá vontade de apertar/morder/..." Mas, alguma vez você já se perguntou por que isso acontece? De onde vem essa vontade louca de apertar uma coisa só porque é "bonitinho"?

Precisamos lembrar que não temos o intuito de criticar, julgar, muito menos impor verdades absolutas. Nosso objetivo é único de informar e entreter. Por isso, o conteúdo dessa matéria se destina a aqueles que se interessarem e/ou identificarem.

De acordo com uma pesquisa realizada pela Universidade de Yale, "a fofura é tanta que o cérebro simplesmente não resiste" - se manifestando de forma agressiva. As pesquisadoras Rebecca Dyer e Oriana Aragon, inspiradas pelas fotografias fofinhas de bebês e filhotinhos que geralmente nos cruzam pela internet, apresentaram a um grupo de voluntários uma série de slides com fotos de animais extremamente fofos.

A um segundo grupo apresentaram slides de animais com expressões engraçadas. E, a um terceiro grupo, animais com expressões neutras. Todos os participantes assistiram aos slides segurando plásticos bolha - que podiam apertar conforme sentissem necessidade. As pesquisadoras presumiram que a quantidade de bolinhas estouradas seria um reflexo do desejo de apertar os animais apresentados nas imagens.

Como já era esperado, os participantes que viram a série de filhotes fofinhos estouraram muito mais bolhas. De acordo com Rebecca, é uma espécie de "agressão fofa", que não significa que há intenção de causar dor em quem desperta fofura. Pelo contrário, essa força é usada para expressar o desejo de proteção ou, até mesmo, uma forma que o cérebro tem de reprimir ou dissipar sentimentos de ternura e felicidade.

Então pessoal, vocês também são assim? Quando veem algo muito fofo sentem vontade de apertar? O que vocês fazem? Em quais outros momentos sentem vontade de fazer o mesmo? Encontraram algum erro na matéria? Ficaram com dúvidas? Possuem sugestões? Não se esqueçam de comentar com a gente!

Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: juliamarreto

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+