Compartilhando coisa boaCuriosidades

Professor ensina por meio de interação com sua versão gravada

0

Se um dia o Oscar abrir uma categoria para professor de matemática, Matthew Wheaters é um forte candidato à estatueta. Em seu canal do Youtube, ele demonstra um pouco da diversão que é sua forma de ensinar uma das matérias mais temidas.

Basicamente, o professor grava a si mesmo proferindo falas e, durante as aulas, interage com essa sua versão gravada. O foco sempre foi levar um clima de descontração para o ambiente, porém, as produções ganharam a internet e deram um reconhecimento ímpar ao docente. Atualmente, ele tem mais de um bilhão de visualizações em seu canal no Youtube, concedidas por pessoas que querem aprender enquanto caem na gargalhada.

“É interessante ver a reação deles e definitivamente é um diferencial. Tento fazer as minhas aulas o mais interessante possível, deixando o espaço mais descontraído, mas os vídeos são minha marca registrada”, conta ele ao G1.

Fonte: Mike Villa / The Chimes

A arte de conversar sozinho

Seja qual for o assunto que o professor Matthew leva para a sala de aula, uma coisa é certa: nunca será uma aula normal. Isso porque desde 2007 ele se aventura na gravação e na edição de vídeos que encantam alunos e internautas.

Conforme as tecnologias de produção avançaram, as obras do docente americano também evoluíram. No entanto, ele não entrega somente um material pronto para consumo pessoal dos alunos, pois suas criações também rodam no projetor que Matthew usa em sala de aula.

“Nos primeiros anos, alunos de cinema que faziam minhas aulas de Matemática me ajudavam com os vídeos. Mas, nos últimos anos, decidi que eu devia aprender a usar os programas de edição por conta própria. Ainda assim, sempre tive ajuda para gravar e editar os vídeos”, revela o docente.

Fonte: Reprodução

Dessa forma, além de escrever, dirigir e editar em casa, o professor também precisa ser um ator no “ao vivo” da sala de aula. Sendo assim, ele empenha longos diálogos com o Matthew que está performando no projetor. Há momentos em que a discussão é realmente com ele mesmo, porém, há situações em que a conversa é com algum personagem à parte.

Um exemplo disso é seu viral conteúdo que ele produziu no Dia da Mentira de 2017. Usando referências de Star Wars, ele fechou a aula com “gato de ouro” (assista ao vídeo e entenda a presença felina). Como resultado disso, o vídeo acumula 126 milhões de visualizações no Youtube, sendo responsável por alavancar a carreira digital do professor.

 

Entre ensinos e produções

Apesar da bem sucedida vida virtual, o professor americano continua atuando dentro das instituições de ensino. Nos dias atuais, ele chefia o departamento de aprendizagem digital da Universidade de Biola, na Califórnia. Além disso, durante meio período do seu dia, ele dá aula.

A propósito, os vídeos interativos demoram cerca de 20 horas para ficarem prontos. Por isso, no momento, Matthew tende a elaborar apenas um por semestre. Todavia, o sucesso de seu inovador conteúdo ainda lhe fornece reconhecimento.

“Uma pessoa na Jordânia viu meus vídeos e me convidou para participar de uma conferência lá e produzir um vídeo especial para eles. Então, fui até a Jordânia participar de um evento de tecnologia graças aos meus vídeos”.

Além disso, a monetização dos conteúdos no Youtube permite ao professor fazer uma renda extra.  “Não é o bastante para me deixar rico, mas me ajuda a tirar férias confortáveis”, diz ele em tom de brincadeira.

Em síntese, o docente produz um roteiro em que a sua versão gravada fará falas mais complexas. Enquanto isso, no ao vivo, Matthew faz apenas um complemento na conversa. Em seguida, ele grava a atuação que será mostrada no projetor, processo que passa por revisão para ajustar os tempos das falas e dos silêncios. Por fim, o professor fecha a produção com a edição pelo Adobe Premiere e pelo Adobe After Effects. Assim, basta arrasar na encenação em sala de aula como ele sempre faz.

Fonte: G1.

Homem tem prejuízo de R$ 143 mil em operações bancárias após ter o celular furtado

Matéria anterior

Whindersson Nunes canta ‘Baby shark’ para criança que chorava na plateia durante seu show

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Continue in browser
To install tap Add to Home Screen
Add to Home Screen
Fatos Desconhecidos
Adicione nosso aplicativo web. Não vai ocupar espaço no seu telefone e você recebe as notificações de novos conteúdos.
Install
See this post in...
Fatos Desconhecidos
Chrome
Add Fatos Desconhecidos to Home Screen
Close

For an optimized experience on mobile, add Fatos Desconhecidos shortcut to your mobile device's home screen

1) Press the share button on your browser's menu bar
2) Press 'Add to Home Screen'.
Fatos Desconhecidos Nós gostaríamos de enviar notificações dos últimos conteúdos e atualizações que fazemos.
Dismiss
Allow Notifications