As ruínas da "Pompéia submersa", que pode ser a cidade mítica de Delos

POR Pietro Bottura    EM Mundo Afora      21/11/14 às 18h21

Nos oceanos gregos, foram encontradas ruínas de um antigo vilarejo submerso, com potes, casas e outros sinais de habitação humana. Apelidada de "Pompéia submersa", em referência à cidade romana, que, coberta pela lava do vulcão Vesúvio, permanece até hoje em boa parte intacta e carbonizada.Da mesma forma, esse achado arqueológico submarino não apenas tem restos, mas revelam que havia uma estrutura portuária no local, e também um pouco da vida de quem vivia lá.

Paredes, fornos de forja e cerâmica também foram encontrados no local, e a sua localização geográfica - no mar Egeu - podem ser indícios de que na verdade as ruínas tenham relação com a cidade de Delos, que era também um cidade portuária, que produzia cerâmica e forjava em pedra e metal.

dnews-files-2014-11-underwater-pompeii-found-off-delos-141120-jpg

5-submerged-waterfront

2.delos

6.delos-decline

4.delos-slave-market

3.delos-port

Delos, além disso, é uma cidade mítica por na mitologia ser o local de nascimento do deus Sol, Apolo. Durante 700 anos, foi um centro comercial bem sucedido e uma importante zona de comércio de escravos, supostamente tendo dias no qual o movimento de compra e venda superou dez mil pessoas.

Todavia, era proibido que pessoas morressem ou nascessem na ilha, até quando a ilha foi atacada, em 88 a.C., e 20 mil habitantes foram mortos. Provavelmente, foi quando a ruína começou, já que o local foi invadido por piratas e ladrões, que nos séculos passados, levaram grande parte de seu mármore e bens para outros locais.

Com mais investigações, será possível definir melhor se essas ruínas realmente podem ser da cidade ou estarem relacionadas a ela, ou se seria essa apenas uma coincidência histórica.

 

E quem sabe você não encontra um tesouro lá?

Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+