Curiosidades

Tamanho da pupila está relacionado com a inteligência da pessoa

0
tamanho da pupila e inteligência

Através dos olhos de uma pessoa você pode saber várias coisas. Não é por acaso que a máxima diz que os olhos são as janelas da alma. Neles é possível notar o humor da pessoa, sinais de cansaço, ou até mesmo se ela está ou não curtindo determinada situação ou pessoa. Além de conseguir avaliar o estado emocional de alguém, os olhos também podem dar pistas da inteligência da pessoa. Uma nova pesquisa feita no Instituto de Tecnologia da Geórgia, nos EUA, mostrou que o tamanho das pupilas está intimamente relacionado com as diferenças de inteligência entre as pessoas.

De acordo com as descobertas feitas pelos cientistas, as pupilas maiores podem estar relacionadas à uma inteligência superior. Isso foi demonstrado em testes que mediram habilidades de raciocínio, memória e atenção.

Os pesquisadores afirmaram que a relação da inteligência com o tamanho da pupila é tão grande que pode ser observada a olho nu, sem a necessidade de qualquer instrumento. A pessoa deve conseguir dizer quem teve uma nota maior ou menor nos testes cognitivos somente olhando nos olhos dos participantes.

Relação

Essa relação foi observada, pela primeira vez, nas tarefas de memória observando as dilatações das pupilas como sinais de esforço mental. Os estudos foram feitos com mais de 500 pessoas, entre 18 e 35 anos, na área de Atlanta, nos EUA.

Foi através de rastreadores oculares que os tamanhos da pupila dos voluntários foram medidos. Esses aparelhos usam uma câmera de computador para capturar a luz refletindo a pupila e a córnea. Segundo a explicação dos cientistas, os diâmetros das pupilas variam de dois a oito milímetros. E para determinar o tamanho médio da pupila eles fizeram medições quando os participantes estavam olhando para uma tela em branco durante alguns minutos.

Em um outro momento do experimento, os participantes tiveram que fazer vários testes cognitivos que avaliaram sua chamada inteligência fluida, que é a capacidade de raciocinar quando confrontados com novos problemas, a sua capacidade de memória de trabalho e o seu controle de atenção.

Feito isso, os pesquisadores chegaram a conclusão que ter uma pupila com um tamanho maior do que a linha de base estava relacionado com uma maior inteligência fluida, mais controle de atenção e uma maior capacidade de memória de trabalho.

“É importante considerar que o que encontramos é uma correlação, que não deve ser confundida com causalidade”, ressaltou Jason Tsukahara, autor do estudo.

Além disso, eles também descobriram que o tamanho da pupila parece diminuir com a idade. Foi observado que as pessoas mais velhas tinham pupilas mais restritas. Contudo, quando os pesquisadores padronizaram a idade, a relação entre tamanho e inteligência ainda continuou.

Motivo

Essa relação entre o tamanho da pupila e a inteligência, provavelmente, acontece dentro do cérebro. Até porque, o tamanho da pupila foi previamente conectado ao lócus coeruleus, que é uma parte do cérebro responsável por sintetizar o hormônio  e neurotransmissor noradrenalina, que por sua vez mobiliza o cérebro e o corpo para a ação. E a atividade no lócus coeruleus afeta a percepção, atenção, memória e processos  de aprendizagem de uma pessoa.

“Essa região também ajuda a manter uma organização saudável da atividade cerebral para que regiões cerebrais distantes possam trabalhar juntas para realizar tarefas e objetivos desafiadores”, explicaram os pesquisadores.

De acordo com os pesquisadores, as pessoas que tem pupilas maiores em estado de repouso tem uma maior regulação da atividade pelo lócus coeruleus. Isso faz com que elas tenham um desempenho cognitivo melhor.

No entanto, mais pesquisas são necessárias para que se entenda realmente o motivo de pupila maiores estarem relacionadas com um maior nível de inteligência.

também ajuda a manter uma organização saudável da atividade cerebral para que regiões cerebrais distantes possam trabalhar juntas para realizar tarefas e objetivos desafiadores”, concluiu Tsukahara.

7 coisas que fazemos nos restaurantes que os garçons odeiam

Matéria anterior

Medo do escuro? O culpado é o seu cérebro

Próxima matéria

Comentários

Comentários não são permitidos

Mais em Curiosidades

Você também pode gostar