• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

A Terra está sofrendo um bombardeio constante de antimatéria

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      02/05/18 às 12h29

Estudos apontaram que o Planeta Terra vem sendo fortemente bombardeado. Mas antes de entrar em desespero, saiba que são apenas partículas subatômicas provenientes das profundezas do espaço que estão constantemente se chocando contra nós. Ficou comprovado que durante os últimos meses, a Terra está sofrendo precipitações altíssimas de um tipo específico dessas partículas, mas ninguém sabe ao certo de onde elas vem.

São chamadas de pósitrons, ou ainda, positrões. Compõem a antipartícula de um elétron e também uma entre as muitas partículas que formam aquilo que chamamos de antimatéria - considerada como inverso da matéria. Normalmente, os pósitrons são usados na medicina nuclear, podendo ser criados por pulsos de laser. No entanto, também não se sabe ao certo como se formam no cosmos. O que se sabe é que fazem parte da formação da radiação cósmica e raios cósmicos.

A descoberta

Foi no ano de 2008 que uma sonda nomeada como PAMELA, acabou descobrindo que nosso planeta recebia muito mais pósitrons do que deveria. Acredita-se que eles venham de pulsares, anãs brancas ou estrelas de nêutrons... Que emitem poderosos feixes de radiação eletromagnética em uma direção.

A partir daí, compreende-se que esses raios sejam extremamente energéticos. Dessa forma, bateriam em nuvens de gás e poeira, funcionando como colisores de hádrons naturais, gerando novas diversas partículas subatômicas, e entre elas estariam os pósitrons. Uma recente descoberta de um casal de pulsares serviu para testar tal teoria. Encontrado distante a apenas algumas centenas de anos-luz, foi analisado por uma equipe de astrofísicos do observatório de Cherenkiv, México.

Os resultados mostraram que o pulsar, definitivamente, aumenta a quantidade de pósitrons que passam pela Terra. No entanto, a figura é menor várias ordens de magnitude do que o atual bombardeio que nosso planeta vem sofrendo. Tal fato indica que existe algo mais emitindo pósitrons, mas ainda não se sabe do que se trata.

Não é como se o fenômeno acontecesse por culpa de decadência "da grande massa de antimatéria", mas tal ideia pode ser considerada... A partir da ideia de que nunca foi observado tamanha acúmulo de partículas de antimatéria. Este é apenas mais um entre os milhares de mistérios que cercam nosso cosmos.

E então pessoal, o que acharam? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+