• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


A trágica história das irmãs rapunzel

POR Bruno Destéfano    EM Curiosidades      19/06/19 às 14h05

Nascidas em uma pequena fazenda em Niagara County, Nova York, as sete irmãs Sutherland eram candidatas improváveis ??a construir um império de cabelos. De acordo com o folclore familiar, as meninas carregavam o cheiro fétido de um óleo capilar. A mãe, Mary, fazia questão de usar o produto nas filhas ao longo de todas as noites. Embora outras crianças tenham evitado as irmãs Sutherland, a insistência de Mary no ritual provaria ser um golpe de mestre. Entre altas e baixas, nos deparamos com a trágica história das irmãs rapunzel. Mary não conseguiu viver a tempo de presenciar o sucesso das filhas, mas definitivamente sentiria orgulho. As irmãs Sutherland acabariam se tornando algumas das mulheres mais ricas da América.

Famosas por suas longas e espessas madeixas, no final do século 19, as sete irmãs Sutherland - Sarah, Victoria, Isabella, Grace, Naomi, Dora e Mary - eram nomes bastante conhecidos. Elas tinham, ao todo, cerca de 11,2 metros de tranças. Esses cabelos, exibidos em toda a América, tornaram-se a moeda de troca para o Hair Grower, um tônico para crescimento capilar.

A trágica história das irmãs rapunzel

Depois que Mary morreu, em 1867, Fletcher Sutherland começou a excursionar pelo país com suas filhas e um filho. Inicialmente, tocavam instrumentos e cantavam em feiras e igrejas de Nova York. Em algum ponto ao longo do caminho, o único filho de Sutherland foi removido do ato e Fletcher começou a faturar com as "As Sete Maravilhas". No ano de 1867, Sarah, Victoria, Isabella, Graça, Naomi, Dora e Mary Sutherland se tornariam celebridades por um detalhe incomum: os enormes cabelos.

E adivinha onde elas foram parar? Na Broadway. Embora as irmãs cantassem, as plateias se reuniam nos shows para ver os longos cabelos ondulados. Inclusive, tinham uma favorita: Victoria, cujos sete pés de cabelo se arrastavam atrás dela. As irmãs terminavam cada uma de suas apresentações musicais soltando suas tranças e deixando seus cabelos caírem no fosso da orquestra.

O tônico mágico

Em 1882, Fletcher patenteou o tônico Hair Grower e começou a vendê-lo, supostamente modelado segundo a fórmula de Mary Sutherland. O produto decolou em vendas depois que a irmã Naomi se casou com Harry Bailey, um jovem empresário relacionado a James Bailey. Assim, as "Sete Maravilhas" se juntaram ao The Greatest Show on Earth (O Maior Espetáculo da Terra) promovido pela companhia de circo Ringling.

A colaboração com Barnum e Bailey provaria ser um benefício financeiro para as irmãs. Em 1884, o tônico rendeu R$ 347.500,00. O rótulo esverdeado da "fórmula mágica" prometia "tornar o cabelo macio e brilhante". Mais adiante, em 1889, as irmãs Sutherland haviam vendido cerca de R$ 10 milhões em produtos para cabelos.

O caminho para o fim

As coisas começaram a tomar outra forma ao longo das tragédias familiares. Com a morte do pai e da irmã Noami, as "seis maravilhas" ficaram devastadas. Festas eram realizadas diariamente, com bastante álcool e outras drogas. Frederick Castlemaine, em uma dessas comemorações, acabou conhecendo e posteriormente se casando com Isabella. Após um tempo sem tragédias na família, Castlemaine cometeu suicídio.

Além disso, para completar, a tendência de cabelos curtos no início do século 20 dificultou os negócios. Embora o tônico tornasse as irmãs ricas o bastante para construir uma mansão no condado de Niagara, a fama se desvaneceu.

Quando Victoria, aos 50 anos, se casou com um rapaz de 19 anos, as irmãs a expulsaram de casa. Ela morreria sozinha em 1902. O futuro acabou sendo o mesmo para Isabella e Sarah. Em 1907, a fortuna das irmãs Sutherland viu um declínio acentuado. As duas irmãs restantes, décadas depois, fecharam a loja para sempre. Elas literalmente queimaram sua fortuna (e sua mansão foi junto com o incêndio em 1938).

A última das irmãs Sutherland, Grace, morreu sem dinheiro e esquecida em 1946. Ao passar do tempo, de qualquer forma, a trágica história das irmãs rapunzel foi reconhecida. O famoso tônico se tornou um artefato histórico do século XIX. É possível encontrá-lo no Museu Nacional de História Americana em Washington, DC.

Próxima Matéria
Via   UOL     mental floss  
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+