Curiosidades

Foto chocante mostra aranha gigante capturando gambá

0

Se você já tinha medo de aranhas, agora vai ter ainda mais. Devido ao tamanho da maioria dos aracnídeos, não é todos os dias que a gente se depara com uma cena como essas. Uma aranha gigante, capturando um gambá, pode colocar medo até naqueles que não tinham medo de aranhas.

O caso aconteceu em uma ilha da Tasmânia, e foi presenciado por um casal australiano que registrou a cena peculiar. O marido de Justine Latton foi quem tirou a foto um tanto peculiar. Ele registrou o momento em que uma aranha, da família Sparassidae, devorava um marsupial, uma espécie de gambá daquela região, também conhecido como possums-pigmeus. Eles compartilharam as fotos do Facebook, e logo as imagens viralizaram. E não é para menos. Enquanto a maioria dos internautas ficou horrorizada com a cena, alguns acharam até interessante.

A cena

O casal estava passando férias na ilha australiana e tiveram uma surpresa um tanto quanto peculiar. Para os aracnofobos de plantão, a situação seria mesmo assustadora, quase um pesadelo. A aranha “gigante” estava mantendo a sua presa, um gambá de aproximadamente 10 centímetros, pendurado em suas garras. Isso tudo aconteceu em um quarto de hotel, no Mount Field National Park.

Justine Latton compartilhou as fotos do momento em um grupo no Facebook. Com a legenda “Uma aranha que come gambás”. O post recebeu as mais variadas reações e logo viralizou.

A maioria, é claro, ficou chocada com o acontecimento. Uma internauta em particular achou o momento interessante. Identificada como Emma Powell, ela comentou o seguinte: “Eu estaria tão animada se eu tivesse a sorte de testemunhar isso. Não é assustador de jeito algum, apenas interessante. Obrigado por compartilhar uma foto tão épica”.

Para o gerente da coleção de aracnologia do Museu da Austrália, essa foi uma situação atípica. Graham Milledge disse ao site The Guardian que essa foi a primeira vez em que viu um marsupial pigmeu como presa. Ele contou ainda que essas aranhas “caçadoras” geralmente se alimentam de pequenos pássaros, sapos e lagartixas.

O possums-pigmeus que foi devorado brutalmente pela aranha é uma espécie muito comum na Tasmânia. Mamíferos dessa espécie podem pesar até 43 gramas e chegar até os 11 centímetros de comprimento.

Aranhas caçadoras

Na natureza, não é tão difícil encontrar situações parecidas como essa. Algumas espécies de aranhas possuem grande força e poder de aderência incríveis. Isso possibilita que elas consigam dominar e vencer outros animais até maiores do que ela.

No reino animal, existem vários exemplos disso. Em 2016, pesquisadores publicaram um artigo em que descrevem um episódio semelhante que aconteceu aqui no Brasil. Eles encontraram uma caranguejeira, da espécie Grammostola Quirogai, comendo uma cobra que ela tinha dominado e matado. Para se ter noção, a cobra tinha 39 centímetros de comprimento e ainda assim foi presa daquela caranguejeira.

E para surpresa de alguns, esse comportamento é mais comum do que imaginamos. Estamos mais acostumados a pensar em pássaros capturando mosquitos, chimpanzés comendo cupins, mas não o inverso. E acontece que aranhas e insetos, mesmo sendo invertebrados, ou seja, mesmo não possuindo espinhas dorsais, contam com outros mecanismos de defesa, tão eficientes quanto os dos animais vertebrados. Como vimos nesses dois casos. Pelo visto, na natureza, tamanho nem sempre é documento.

E você, o que achou da imagem? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

A trágica história das irmãs rapunzel

Matéria anterior

7 psicopatas mais famosos das séries de TV

Próxima matéria

Mais em Curiosidades

Você pode gostar

Comentários

Comentários não permitidos.