Curiosidades

Uma dieta simples pode reduzir o diabetes tipo 2

0

O diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente, ou então pela má absorção, de insulina. A insulina é o hormônio que regula a glicose no sangue. É ela também que garante energia para o organismo. O diabetes pode causar o aumento de glicemia. E se as taxas forem muito altas, podem gerar complicações no coração, artérias, olhos, rins e nervos. E em casos mais graves, pode levar até à morte.

Infelizmente, essa doença não tem cura. Ela afeta muitas pessoas no mundo todo. Até recentemente, o diabetes tipo 2 era gerenciada, principalmente, pelo controle de fatores de risco. Como por exemplo, pressão alta, colesterol e níveis de açúcar no sangue. Eles eram controlados através de medicamentos.

Contudo, esse tipo de gerenciamento não aborda as causas subjacentes do diabetes tipo 2. Como por exemplo, problemas com o hormônio insulina que não controla mais o açúcar no sangue de maneira eficaz. Por mais que o uso de medicamentos possa ajudar a conter os níveis de açúcar no sangue, eles não ajudarão a desvendar as causas biológicas por trás desse tipo da doença.

Estudos

Diabetes1 1400x933, Fatos Desconhecidos

Por conta disso, um número crescente de pesquisas tem mostrado que perder peso, através de cirurgia ou dieta, pode ajudar a resolver algumas dessas causas ocultas do diabetes tipo 2. Com isso, ajuda o corpo a controlar os níveis de açúcar no sangue.

Esse é um fato significativo. visto que o controle do açúcar no sangue melhora a maneira como a insulina é produzida e a forma como ela atua. Isso é chave para a remissão do diabetes tipo 2.

Até o momento, a maior parte desses estudos tem examinado o uso de shakes que substituem as refeições para ajudar as pessoas com diabetes tipo 2. Por conta disso, essa abordagem pode ser prescrita por um médico.

Contudo, mais recentemente, os cientistas começaram a investigar outras formas de dieta para chegar nessa remissão. Como por exemplo, as de baixo carboidrato. E por mais que as pesquisas nessa área ainda estejam surgindo, os resultados do estudo mostraram que uma dieta pobre em carboidratos é uma coisa promissora.

Dietas

Diabetes2 921x531, Fatos Desconhecidos

Os pesquisadores analisaram mais de 90 artigos que descrevem os efeitos de várias dietas no diabetes tipo 2. Com isso, descobriram que, por mais que a pesquisa de melhor qualidade tendesse a se concentrar em shakes, outras abordagens, como as dietas com baixo teor de carboidratos, também mostravam funcionar bem.

Com a revisão, foi descoberto que as dietas de substituição de refeição ajudam cerca de uma em cada três pessoas a ter a remissão do diabetes tipo 2. Já a dieta de baixo carboidrato conseguiu ajudar cerca de uma em cinco pessoas.

Quem perdeu peso usando uma dessas duas dietas conseguiu ficar em remissão por até dois anos, contando que mantivesse a perda de peso.

Além disso, as dietas de baixas calorias e mediterrâneas também auxiliaram as pessoas a alcançarem a remissão. Contudo, essas taxas foram mais baixas. Somente 5% dos pacientes que estavam com a dieta de baixa caloria continuaram em remissão depois de um ano. E 15% das pessoas com uma dieta mediterrânea ficaram em remissão depois de um ano.

Alguma sociedade realmente viveu no subsolo na história humana?

Matéria anterior

10 celebridades que sofrem com algum transtorno mental

Próxima matéria

Você também pode gostar

Mais em Curiosidades

Comentários

Comentários não são permitidos