Inovação

Veja o resultado do crash test do Cybertruck, da Tesla

0

O teste do Cybertruck chegou para abalar, ou animar, todos que acompanham Elon Musk.

O CEO da Tesla e fundador da SpaceX é conhecido por sua paixão pelo futuro da humanidade – seja na Terra ou no espaço. Portanto, o lançamento do primeiro caminhão elétrico da Tesla, o Cybertruck, resume a história de um carro que pode sobreviver até ao fim do mundo.

O primeiro projeto foi lançado em 2019, mas as primeiras entregas só serão feitas no final de 2023. Na época, Musk disse que o carro era o melhor produto que a Tesla já havia criado. “Haverá algo diferente nas estradas”, disse o milionário. O presente será como o futuro.”

Via Wikimedia

Segundo a empresa, o modelo é praticamente “inquebrável” e à prova de balas, sua resistência vem de um robusto acabamento em aço inoxidável que reduz o desgaste e a corrosão.

Segundo Tesla, este carro também pode suportar o impacto de uma bola de beisebol a uma velocidade de 112 km/h. Em 2019, a empresa realizou um teste público em que os vidros dos carros quebraram quando um objeto foi lançado em velocidades muito baixas.

Apesar das afirmações sobre a potência do veículo, os especialistas ainda estão preocupados com os possíveis problemas causados ​​pelo Cybertruck.

Entre as questões destacadas está o impacto que o uso do aço inoxidável pode causar nos acidentes, principalmente para os pedestres. As arestas vivas do desenho são feitas do mesmo material das facas de cozinha, o que também causa medo.

A indestrutibilidade do carro se provou no teste do Cybertruck para colisão e testes de segurança. Assista ao vídeo abaixo:

Teste do Cybertruck

Um vídeo de teste do Cybertruck antigo saiu não-oficialmente durante o lançamento, mas não há dados sobre os resultados do teste ou as condições em que foi realizado.

Os especialistas destacaram a falta de flexibilidade em sectores que podem absorver o impacto do conflito devido a factores fortes como as crises.

Em relação à falta de resultados detalhados dos testes, o site Quartz solicitou à Administração Nacional de Segurança no Trânsito Rodoviário e ao Instituto de Segurança Rodoviária, que informaram que nem todos os veículos eram legais e exigem inspeção.

Segundo eles, carros com números ou edições restritas não cumprirão a regulamentação. A Administração Nacional de Segurança de Tráfego Rodoviário (NHTSA) relatou que todos os veículos tiveram testes oficias em colisões até 2024, mas o Tesla Cybertruck não era um deles.

O primeiro acidente registrado de Cybertruck ocorreu no final de 2023, na Califórnia. O passageiro do Tesla não ficou gravemente ferido, mas o carro ficou gravemente danificado na colisão.

Histórico do Cybertruck

Via Época

O projeto Cybertruck saiu em novembro de 2019, antes da pandemia do coronavírus. Contudo, com as restrições impostas pelo período de distanciamento social e pela emergência de saúde pública, o primeiro modelo só ocorrerá no final de 2023.

A produção acontece na fábrica da Tesla em Austin (EUA). Atualmente estão à venda dois modelos: um caminhão com dois motores, 608 cavalos de potência, tração nas quatro rodas, capaz de acelerar de 0 a 96 km/h em 4,1 segundos e o “Cyberbeast” com três motores elétricos e 857 cavalos de potência e leva 2,6 segundos para atingir a velocidade de 96 km/h.

A versão monomotor deverá chegar ao mercado no próximo ano. Não há detalhes adicionais sobre as demais especificações do modelo.

O peso do carro é de cerca de 3.084 kg. Consulte os preços anunciados anteriormente:

  • Modelo monomotor, lançamento em 2025 – a partir de US$ 60.900
  • Bimotor – a partir de US$ 79.900
  • Motor triplo “Cyberbeast” – a partir de 99.900 USD.

 

Fonte: Época Negócios

Imagens: Época Negócios, Wikimedia

Vingadores 5 terá mais de 60 personagens: Veja os heróis confirmados

Artigo anterior

Cientistas usam inteligência artificial para mapear a atividade de invertebrados no fundo do mar

Próximo artigo