15 curiosidades sobre o diamante que você não conhecia

POR Magno Oliver    EM Ciência e Tecnologia      11/09/15 às 11h25

Alguma vez na vida você já deve ter visto, sentido nas mãos ou mesmo ganhado de presente uma pequena ou média jóia de diamante. Eles são muito comuns em alianças de casamento, pois costumam simbolizar a eternidade do amor.

Aqui no site da Fatos Desconhecidos, por exemplo, você já viu uma matéria que mostramos para você sobre as 5 pedras preciosas mais valiosas do mundo (Clique aqui e confira).

Você sabia que os diamantes são preciosidades de grande valor não só pela beleza, mas porque são considerados criações únicas e naturais da natureza?

Além de enfeitar o anel de noivado ou ser utilizado como um jóia no pescoço e outras utilidades, o diamante possui finalidades e utilidades que você não conhecia.
Separamos para você uma lista com algumas curiosidades bem interessante sobre essa pedra brilhosa e rara que não é fácil de se encontrar por aí.

Confira:

1 - O nome vem do grego "adamas", que significa invencível e "diaphanes", que corresponde a transparente.

2 - Os gregos tinham a crença de que o diamante tinha um fogo que refletia a chama do amor, levando à referência de que ele seria o símbolo da força e da eternidade do amor. Acreditava-se que podia reatar um casamento que havia chegado ao fim.

 

3 - A primeira mulher a receber um diamante configurado em colar como uma representação de noivado foi Mary de Burgundy. Ele foi dado pelo Arqueduque Maximilian da Austria, no ano de 1477.

Mary-of-Burgundy-15th-Century-Engagement-Ring-31

4 - Um diamante com o equivalente ao tamanho da lua foi encontrado no espaço e recebeu o nome de "Lucy" em homenagem à canção dos Beatles "lucy in the sky with diamonds".

 

5 - O diamante é o material feito pela natureza já reconhecido com o mais elevado grau de dureza. Ele atinge o nível 10, segundo especialistas, que corresponde ao número máximo de escala de Mohs. Não há nenhum outro objeto que consiga riscá-lo a não ser um outro diamante.

6 - As maiores jazidas do mundo estão restritas a pequenos países. A maior delas fica na África do Sul, enquanto que a segunda maior fica na Rússia e a terceira que mais produz na Austrália. Existem outras espalhadas por alguns cantos do mundo, mas são consideradas de menor importância.

fiofo_mirny1

7 - Nunca vai existir na natureza um diamante igual ou semelhante ao outro. Segundo especialistas, não há a possibilidade de existir dois diamantes de mesmo formato e natureza. Cada brilhante possui suas características próprias, portanto é único e exclusivo.

 

8 - O maior deles já encontrado no mundo possuía cerca de mais de 3.100 quilates. O diamante acabou se transformando e sendo lapidado para uma joia de 530 quilates.

 

9 - Um diamante pode chegar a ter 8 ou 48 faces, sendo lapidado com superfície arredondada ou curva, nas cores azul, verde, amarelo, rosa ou em versão incolor brilhosa.

diamante

10 - A composição dele trata-se de uma forma termodinamicamente estável de carbono. Essa jóia brilhante pode ser formada em pressões que variam, mas o mais comum é a de 60 kbar.

 

11 - Quando ainda era colônia de Portugal, o Brasil, em meados do ano de 1725, chegou a ser uma potência em produção, exploração, extração e comercialização mundial de diamante.

12 - De acordo com os registros históricos, a primeira pepita do material foi encontrada na cidade de Diamantina, em Minas Gerais. A cidade acabou sendo batizada intencionalmente por conta da grande quantidade de diamantes.

extracao-diamantes-chapada-diamantina

13 - O diamante não é usado só para ser pendurado no pescoço ou colocado no dedo de noivas. Ele possui vários outros usos, por conta que suas pedras não possuem um tamanho suficiente para serem lapidados como jóias.

 

14 - Além de serem utilizados como jóias, os diamantes são utilizados na fabricação de instrumentos de polimento, perfuração, corte, além de serem muito úteis para diversos fins no ramo da indústria. 

 

15 - As jóias que são feitas com o diamante são consideradas as mais caras do mundo, chegando a custar cerca de mil dólares por quilate, ou seja, o peso da gema. Diamantes de tamanhos menores, por exemplo, podem ter valores maiores que grandes pepitas por conta de sua pureza, cor e até facilidade para lapidação devido à pequena estrutura da pedra. 

diamante (1)

Magno Oliver
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+