5 fenômenos naturais estranhos que podem ser vistos na Terra

POR Lucas Franco    EM Mundo Afora      09/10/15 às 18h04

É verdade quando dizem que a natureza pode ser uma coisa fascinante, assustadora e inspiradora. Muitas vezes, nós simplesmente não podemos explicar algumas coisas que acontecem, e tudo que nos resta é nos maravilhar com elas. Nem mesmo os cientistas, com todo o seu conhecimento, são capazes de entender alguns eventos únicos que acontecem por aí, em especial quando fogem do padrão.

A Fatos Desconhecidos reuniu cinco deles aqui. Se você gosta de viajar e tem a curiosidade de conhecer as plantas, os animais e os marcos naturais das outras regiões do planeta, é provável que já tenha até ouvido falar de alguns destes fenômenos. Talvez você até já os conheça. Caso contrário, sinta-se a vontade para planejar uma viagem e ver com seus próprios olhos. Você, muito provavelmente, não vai esquecer.

5 - Misteriosos círculos subaquáticos

1

Círculos subaquáticos como o da imagem foram descobertos em 1995, ao longo da costa da região sul do Japão. Eles foram um mistério por anos, e os cientistas os estudaram intensamente a fim de descobrir de onde diabos estariam vindo. Só em 2011 sua origem foi descoberta. Um baiacu macho foi visto criando o círculo, e o mistério foi resolvido. Após mais alguns meses de estudo, concluiu-se que o peixe realiza tal fenômeno para chamar a atenção das fêmeas. Geralmente, um grupo de peixes machos (entre quatro e oito) trabalham em conjunto para fazer os estranhos desenhos.

4 - Grande buraco azul

2

Belize é a casa do Grande Buraco Azul e, enquanto é uma atração turística para muitas pessoas, a maioria delas não sabe como ele foi formado. Anos atrás, quando os níveis do mar eram significativamente mais baixos, o Grande Buraco Azul era, na verdade, uma caverna. Uma vez que os níveis do mar começaram a subir, a caverna ficou inundada com água. O Grande Buraco Azul tem, agora, cerca de 120 metros de profundidade. Mergulhadores gostam de visitá-lo para nadar nas águas claras e conhecer toda a vida marinha, que inclui peixes tropicais raros e diversas variedades de tubarões de recife.

3 - Relâmpago de Catatumbo

3

O Relâmpago do Catatumbo, também conhecido como a "tempestade eterna" é um raro fenômeno que pode ser visto na foz do rio Catatumbo, na Venezuela. Origina-se de uma massa de nuvens de tempestade a uma altura de mais de 5 quilômetros e ocorre durante 140 a 160 noites por ano, 10 horas por dia e até 280 vezes por hora. Ele acontece sobre e em torno do lago Maracaibo, geralmente sobre o pântano formado onde o rio Catatumbo deságua. Em 2010, aparentemente devido a seca, os relâmpagos cessaram, o que levou as pessoas acreditarem que o evento havia acabado. Ele, no entanto, retornou após alguns meses.

2 - Danxia da China

4

Esta formação especial pode ser encontrada em muitas partes da região sudoeste, sudeste e noroeste da China. Ela é composta por um tipo especial de paisagem geomorfológica que apresenta uma variedade de tons vermelhos e profundos tons de laranja. As belezas naturais são formadas por massas de arenito e calcário cretáceo. As pedras têm sido corroídas ao longo do tempo pelo vento, chuva e sol durante um período de milhões de anos. Na região também é possível encontrar estruturas de tirar o fôlego, como ravinas e colunas. As formações rochosas criam canyons e pilares que são belas opções de turismo para quem está visitando a China.

1 - Lago mumificador

5

O Lago mumificador está localizado na região norte da Tanzânia e é oficialmente conhecido como Lago Natron. Ele é feito de sódio e sal, e é bem conhecido pela sua alta concentração de sal e temperaturas muito quentes. Para você ter uma ideia, o lago pode chegar a 60º C. Alguns dos animais que vivem ao redor dele conseguiram se adaptar ao clima rigoroso, mas a maioria dos bichinhos que se aventuram pela região nunca mais retornam de lá. Isto porque, quando elas entram na água, são rapidamente mumificados pela alta quantidade de sódio e sal.

Lucas Franco
O cara que gosta do Batman! @heymac14

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+