• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE

6 coisas que acontecem com seu corpo na hora do susto

POR Thamyris Fernandes    EM Ciência e Tecnologia      11/09/14 às 16h43

Quem nunca levou uma susto "daqueles" de deixar os pelinhos arrepiados, fazer as pernas ficarem bambas e precisar de água com açúcar para acalmar? Ninguém gosta dos efeitos que essas situações despertam, mas a verdade é que deveríamos agradecer à natureza por todo o desconforto que nosso organismo passa nesses momentos.

Isso porque, as reações - como a tremedeira - que sofremos na hora do pânico se tratam de um alerta para o corpo. E, embora o susto seja captado por uma área do cérebro associada à regulação de emoções, são reflexos físicos que aparecem em cena. Batimentos cardíacos acelerados, suor e assim por diante, são mecanismos úteis para escaparmos de algum perigo e são acionados pelas glândulas suprarrenais, responsáveis por liberar o hormônio da adrenalina e da noradrenalina.

Apesar do palavreado difícil do paragrafo aí de cima, o que queremos dizer, basicamente, é que o susto avisa o corpo de que é hora de se salvar de uma possível ameaça. Tudo que vem depois da "sinalização" de perigo, tem esse objetivo.

Confira 6 efeitos que essa reação causa no corpo:

1. Dilatação da pupila

1

A captação de luz aumenta. Isso pode ser vital, se você precisar enxergar melhor o ambiente em volta;

2. Aumento do peristaltismo

2

O nome é engraçado, mas diz respeito ao movimento do sistema digestivo, que empurra a comida dentro do corpo. Na hora do pânico ou do susto, seu corpo intensifica essa função para que o alimento que está sendo digerido não provoque um engasgo e vá para o pulmão, o que poderia te matar;

3. Pelos arrepiados e transpiração

3

Sabe aquele suor frio que aparece dependendo do susto? Isso é justamente para te deixar mais escorregadio, uma vez que o suor faz com que o corpo fique mais difícil de ser agarrado.

Por sua vez, os pelos arrepiados - pelo menos no caso de nossos antepassados peludos-, tinham a função de assustar os predadores, pois dava a impressão de que o volume corporal dobrava de tamanho. Hoje em dia, claro, pouquíssimas pessoas ainda conseguem esse efeito (rs).

4. Dilatação dos brônquios

4

Colocar o corpo para funcionar melhor, especialmente os pulmões, é outra reação do organismo a um susto bem dado. Ao dilatar os brônquios com mais intensidade, é permitido ao à pessoa captar mais oxigênio, essencial para situações de luta ou de fuga.

5. Diminuição dos movimentos do intestino grosso

5

Nessa etapa, o corpo também é responsável por uma reação surpreendente. Isso porque, quando os movimentos do intestino grosso são reduzidos, é possível ao organismo aumentar a captação de nutrientes que seriam excretados, como se estivesse captando uma carga extra de energia. Isso porque, com mais nutrientes disponíveis, conseguimos ser mais rápidos e mais fortes.

6. Aumento de pressão sanguínea

6

Junto com o estreitamento dos vasos sanguíneos, o ritmo do coração acelera. Isso aumenta a pressão do sangue e o faz circular mais rápido pelo corpo, aumentando também a energia e o vigor físico, além de evitar hemorragias.

Próxima Matéria
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+