6 lugares da ficção que você pode visitar no mundo real

POR A redação    EM Lugares & Construções      31/08/15 às 23h44

Locais fictícios são lugares que só existem na ficção e não na realidade, como o Negaverse, Planeta X ou Skyrim. Escritores podem criar e descrever tais lugares para servir como pano de fundo para suas obras de ficção.

Locais ficcionais também são criados para uso em RPG's como Dungeons and Dragons. Locais fictícios variam muito em seu tamanho. O termo realidade alternativa é usado quando o local fictício é extremamente grande.

Esse locais são criados necessariamente para obras de ficção como livros, filmes, poesias, quadrinhos, etc. A criação de países e universos como os planetas de Star Wars, por George Lucas, Westeros de George R. R. Martin, ou a Terra Média de O Senhor dos Anéis, por J. R. R. Tolkien são consideradas extremamente detalhistas e complexas.

Conheça a seguir 6 locais da ficção que existem no mundo real:

Valfenda/Rivendell de 'O Senhor dos Anéis'

1

A cidade criada pelo escritor J.R.R Tolkien era localizada na região norte da Terra Média próximo das Montanhas Nebulosas. É o lar dos elfos. Rivendell significa "Vale dividido". A aparência do vale é baseado na região de Lauterbrunnen na Suíça.

J. R. R. Tolkien conheceu a região em 1911 e ficou encantado com o local. Na ficção, Rivendell é um dos últimos locais onde os elfos habitavam na Terra Média. A cidade ficava em um vale cortado pelo rio Bruinen. No local, a histórias dos elfos e dos homens foi preservado.

Quem fundou o local foi Elrond em 1697 da segunda era, após Sauron ter devastado Eregion. O local tinha como objetivo resistir às forças de Sauron.

Planeta Naboo

2

Naboo é um planeta do universo Star Wars. Ele tem um terreno predominantemente verde e é a terra natal de duas sociedades: os Gungans que moram em cidades submarinas e os seres humanos que vivem em colônias na superfície. Os seres humanos de Naboo tem uma monarquia eleitoral e tem uma cultura pacífica que defende a educação, as artes, a proteção do ambiente e realizações científicas. A principal capital de Naboo é Theed.

Localizado no setor Chommell, Naboo é o planeta natal de Padmé Amidala e Jar Jar Binks, bem como o senador (mais tarde Supremo Chanceler e depois imperador) Palpatine. Em Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma, foi o local de um bloqueio pela Federação do Comércio e da Batalha de Naboo entre a Federação e os habitantes nativos.

Naboo é visto em quatro filmes da série Guerra das Estrelas. Seu nome origina-se da cidade tunisiana de Nabeul fundada por comerciantes gregos. Cenas do palácio Theed, onde a rainha vive, foram filmadas no Palácio de Caserta, Itália e no Plaza de España, Espanha.

O reino de 'Enrolados'

3

O filme "Enrolados" se passa no reino fictício de Corona que é situado em uma ilha acessível por uma única ponte. Os animadores da Disney basearam-se no Mont St. Michel no norte da França. O mosteiro medieval começou como uma pequena igreja, mas os proprietários fizeram adições para proteger o local da invasão dos Hunos.

Na animação uma feiticeira chamada Gothel vê uma gota de pura luz do sol atingir o solo, criando uma flor mágica, com a capacidade de curar os doentes e feridos. A flor tem o poder de deixar a bruxa sempre jovem. Quando a rainha de um reino próximo fica doente enquanto esperava sua filha, os guardas encontram a flor misteriosa e fazem a cura para a rainha.

A rainha dá à luz a uma menina chamada Rapunzel. Gothel descobre que o cabelo de Rapunzel tem os mesmos poderes da flor e sequestra a garota para se manter jovem para sempre.

Hogwarts de "Harry Potter"

4

Vários locais em todo o Reino Unido foram usados como inspiração para criar a Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. Entretanto, a universidade de Oxford foi a maior inspiração. Por exemplo, o salão comunal, onde a maior parte das cenas interiores de Hogwarts acontece, é baseado na Oxford Christ Church Hall.

Nos romances, Hogwarts está localizada em algum lugar na Escócia. A escola tem inúmeros encantos e magias que tornam impossível para um trouxa localizá-la . Trouxas não podem ver a escola; em vez disso, eles vêem apenas ruínas e vários avisos de perigo. O castelo tem extensos jardins com gramados inclinados, canteiros e hortas, um lago (chamado O Lago Negro), uma grande floresta densa (chamada de Floresta Proibida ), várias estufas e outras dependências.

Eletricidade e dispositivos eletrônicos não são encontrados em Hogwarts. Em Harry Potter e o Cálice de Fogo, Hermione indica que, devido aos altos níveis de magia computadores, radares e eletricidade não funcionam em torno de Hogwarts. Rádios no entanto, são uma exceção. Rowling explica isso dizendo que as rádios não são alimentadas por eletricidade, mas por magia.

Mundo dos espíritos de "A viagem de Chihiro"

5

O mundo espiritual que a heroína vagueia no filme baseou-se na cidade de Jiufen em Taiwan. O diretor da consagrada animação, Hayao Miyazaki, visitou a cidade e foi inspirado pela forma como ela fica a noite. O balneário onde a maior parte da história se passa baseia-se na casa de chá de Jiufen.

Com um orçamento de US $ 19 milhões, a produção de A Viagem de Chihiro começou em 2000. Durante a produção, Miyazaki percebeu que o filme teria mais de três horas de duração e decidiu cortar várias partes da história. O filme foi lançado em 20 de julho de 2001, e se tornou o filme de maior sucesso na história japonesa, arrecadando cerca de 330.000.000 de dólares em todo o mundo, recebendo elogios da crítica generalizada.

"A Viagem de Chihiro" mostra Chihiro e sua viagem pelo reino dos espíritos, em que Chihiro se separa de tudo que ela conhece. A experiência de Chihiro no mundo alternativo pode ser comparada a "Alice no país das maravilhas". O filme representa a passagem da infância para a idade adulta.

Arendelle de "Frozen"

BNKDGP Norway Scandinavia Bergen town city Briggen Bryggen Hanse houses homes world cultural heritage travel holidays vacation tourism,

O reino de 'Frozen' é baseado cidade norueguesa de Bergen. A Disney patrocinou três viagens de pesquisa para Noruega. Os animadores e especialistas em efeitos especiais visitaram o Hotel de Gelo em Quebec para estudar como é o efeito da luz no gelo.

A história é inspirada no conto de fadas "A Rainha da Neve", de Hans Christian Andersen. A princesa mais jovem, Anna, parte em uma jornada para encontrar sua irmã Elsa, cujos poderes congelaram todo o reino.

A história de Frozen foi desenvolvida há 74 anos. Nenhuma das versões anteriores conseguiu aprovação. O projeto foi resgatado em 2011, quando Chris Buck foi escolhido como diretor e decidiu que a Rainha da Neve seria irmã da heroína. 'Frozen' foi um sucesso comercial e arrecadou mais de 1,3 bilhão de dólares.

Fonte: Cracked

A redação
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL

Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.
Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+